Notícias
/
Londrina
/
Visitas Técnicas

Visitas Técnicas

Publicado 11/14/2018, 4:42:37 PM, última modificação 11/14/2018, 4:46:27 PM
Alunos das Engenharias de Produção e de Materiais realizam Visitas Técnicas

Na semana passada (08 e 10/11), alunos dos cursos das Engenharias de Materiais e de Produção realizaram visitas técnicas por meio das disciplinas “Gestão da Produção” e “ Logística I”, ambas ministradas pela professora Andréa Maria Baroneza, do Departamento Acadêmico de Engenharia de Produção.

Na primeira visita (08), os alunos do curso de Engenharia de Materiais, tiveram a oportunidade de conhecer a empresa Furgão Ibiporã, as áreas e operações de logística e produção da empresa, possibilitando a observação quanto ao funcionamento dos processos e o alinhamento dessas duas grandes operações interdependentes. Também puderam vislumbrar uma experiência positiva no que diz respeito a importância da liderança na condução de suas equipes em prol do engajamento, sinergia, comprometimento e satisfação no ambiente de trabalho. “Foi uma visita técnica muito enriquecedora e que trouxe aos alunos brilho nos olhos, entusiasmo e senso de responsabilidade para o trabalho que exercerão como futuros engenheiros de materiais”, destacou a docente da disciplina.

No sábado (10), foi a vez dos alunos de Engenharia de Produção conheceram de perto o sistema de armazenagem cross docking da empresa Jetta Transportes. A recepção foi feita por um engenheiro de produção que apresentou a eles a importância do engenheiro de produção nas operações logísticas. Também vivenciaram como se dá na prática uma operação de armazenagem e a importância do planejamento e do gerenciamento adequado dos processos desde o pedido até a entrega aos clientes. O sistema utilizado pela empresa (S&OP) e a rotina de trabalho do engenheiro de produção também puderam ser conhecidos. De acordo com a Profa. Andréa, os objetivos propostos com a visita foram plenamente alcançados, já que a ocasião possibilitou apresentar aos alunos “a realidade da maioria das empresas de pequeno e médio porte, o volume de melhorias possíveis de serem realizadas por um engenheiro de produção e a valorização desse profissional por empresas que já pensam grande” salientou.