Home
/
Notícias
/
Pato Branco
/
Dia da Mulher

Dia da Mulher

Publicado 3/27/2020, 4:53:21 PM, última modificação 11/3/2022, 5:38:59 PM
Câmpus Pato Branco realizou programação especial em homenagem às mulheres

Em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, a UTFPR, Câmpus Pato Branco, promoveu uma programação especial para homenagear as mulheres da Universidade. 

O dia 8 de março é símbolo da luta histórica das mulheres em prol da igualdade de gênero, em relação a salários, à ocupação de espaços e aos direitos humanos inerentes. Para tanto, a Comissão UTFPR Mulher do Câmpus Pato Branco, promoveu eventos com a finalidade de desenvolver o potencial profissional e acadêmico de servidoras e discentes da Instituição. A iniciativa faz parte do programa institucional UTFPR Mulher, idealizado pela vice-reitora Vanessa Ishikawa Rasotto, e organizado por mulheres da própria Universidade, entre servidoras e alunas.

A programação, que ocorreu nos dias 09 e 10 de março, incluiu atividades diversificadas, contemplando iniciativas artísticas e culturais, dentre as quais: sessões de beleza sobre cuidados com a pele e dicas básicas de maquiagem; Lual com tema “Existimos! A que será que se destina?”, conduzido por Graziela Romani Todorovski. Conciliando com a atividade noturna do Lual, realizada a céu aberto, na mesma oportunidade o Grupo de Estudo, Pesquisa, Extensão e Inovação em Astronomia (GEAstro), do Câmpus Pato Branco, conduziu a atividade de “Observação da Super-Lua”, com telescópio. Foi uma oportunidade especial, considerando que o nosso satélite natural estava no perigeu, isto é, o ponto da sua órbita em que mais se aproxima da Terra, ao mesmo tempo que se encontra em sua fase cheia.

Na programação do segundo dia, no anfiteatro do Câmpus, foi realizado o lançamento de um vídeo em homenagem às mulheres da UTFPR. A Comissão UTFPR Mulher, em conjunto com o Diretório Central do Estudantes (DCE), organizou apresentações artísticas, e exibiu o “Documentário: Por que as mulheres ganham menos?”, o qual explanou sobre as normas culturais responsáveis pela desigualdade salarial entre homens e mulheres. Na mesma oportunidade, foi realizada a roda de conversa com o tema: "Olhares cruzados sobre coletivos de mulheres", conduzido pelas professoras Josiane Carine Wedig e Loraci Hofmann Tonus.  

Na oportunidade, a diretora de Graduação e Educação Profissional, Nilvânia Aparecida de Mello, representando a direção-geral do  Câmpus, em seu pronunciamento, contextualizou situações que interferem no avanço do reconhecimento e no estabelecimento de igualdade, no que se refere a atuação das mulheres em diversos segmentos da sociedade e, também, nas limitações que muitas vezes se evidenciam entre as mesmas. “O verdadeiro dia da mulher será o dia em que conseguirmos total igualdade, com nossos direitos plenamente respeitados. O dia que conseguirmos isso, e nos olharmos como seres humanos, falíveis, frágeis, com problema, dificuldade, o dia em que nos enxergamos na posição da nossa colega, da nossa, amiga, irmã, da professora dos nossos filhos, qualquer mulher que seja, e que o nosso olhar a enxergue como ser humano, e não como pessoa que está fadada desde a infância ao ideal de perfeição, seja a perfeição na sua forma física, no seu trabalho, no seu papel de esposa, de mãe, acho que todos nós seremos muito mais felizes. E aí cabe nosso movimento diário, de avançar, no sentido de nos tornarmos mais solidárias, mais compreensivas e calcadas no ideal da sororidade, e exercitar isso entre nós mesmas”, declarou a diretora. Ela abordou a importância da autoavaliação diante dos  inúmeros papeis exercidos pela mulher e concluiu sua fala dizendo que “precisamos todos os dias, não apenas no Dia Internacional da Mulher, debater, olhar, pensar, refletir e avançar, ainda que de forma milimétrica, porque é assim que conquistaremos o que realmente merecemos”.

Para a servidora Silmara Camargo Wescinski, integrante da Comissão do Câmpus, do Programa UTFPR Mulher e responsável pela organização das atividades,  “a soma dos esforços de todas nós, levou nossas irmãs (sororidade) a refletirem sobre o quanto podemos nos ajudar enquanto mulheres, através de pequenas atitudes. Do quanto isso pode reverberar positivamente no nosso meio, seja em casa, na rua, no trabalho. A transformação é um processo. Hoje demos o "start"! Parabéns para nós! Valeu Demais!”, externou.

O evento foi prestigiado por servidoras técnico-administrativas, docentes, alunas e funcionárias das empresas terceirizadas do Câmpus. Ao longo do evento do dia 10 de março, foram realizados sorteios de diversos brindes para as participantes, doados por consultores, profissionais liberais e empresas parceiras, encerrando as atividades alusivas ao Dia Internacional da Mulher.