Home
/
Notícias
/
Pato Branco
/
Pato’: Uma gincana de derivadas

Pato’: Uma gincana de derivadas

Publicado 7/25/2023, 3:32:08 PM, última modificação 7/25/2023, 5:26:06 PM
Segunda e última etapa da Pato’, que reúne estudantes de graduação da UTFPR Campus Pato Branco e da Unimater, aconteceu no dia 14 de junho

Registros da gincana e das equipes campeãs

Aconteceu, no dia 14/06/2023, a segunda, e última, etapa da Pato’: Uma gincana de derivadas (lê-se “Pato linha”). Para quem ainda não conhece, a Pato’ é uma gincana que visa motivar o estudo do conteúdo de derivadas por parte dos estudantes de graduação da UTFPR Campus Pato Branco e da Unimater. Sendo assim, os acadêmicos de todos os cursos de ambas as instituições foram convidados a participar da competição.

Esta competição foi organizada pelo Grupo de Disciplina de Cálculo 1, sob a coordenação dos professores Mateus Eduardo Salomão e Marieli Musial Tumelero, ambos do Departamento de Matemática (DAMAT), e contou com o patrocínio (por meio de edital) da Associação Atlética Acadêmica das Engenharias da UTFPR-PB, TransGoss Transporte e Logística, Criare Papel e Café, Restaurante e Pizzaria Mãos na Massa, Manu Milani PMU Artist e Academia Move Fitness. Além disso, o evento também contou com o aporte da DIRGRAD-PB e DAMAT.

A primeira etapa, que foi realizada no dia 31/05/2023, classificou as 16 melhores equipes (em chaveamento olímpico) para a etapa final, que foi realizada durante toda a tarde do dia 14/06 no pátio entre os blocos M e N do Campus Pato Branco da UTFPR. A gincana contou com os confrontos das equipes classificadas que acompanhavam ansiosos a vez de irem ao quadro para tentar a classificação para a fase seguinte.

Na final, a equipe Ta_sha (composta pelas acadêmicas Renata Fernanda Nunes e Natasha Seidl Roskiewicz) ganhou da equipe Miojo (composta pelas acadêmicas Maria Cristina Fabiane e Caroline Morelli) e sagrou-se a grande campeã da competição. Além disso, na disputa de terceiro lugar, a equipe Patro’ (lê-se “Patro linha”) (formada pelos acadêmicos Luiz Ricardo Brumati de Lima e Patrick Catto) derrotou a equipe H’ (lê-se “H linha”) (composta pelos acadêmicos Luiza de Santi Janzkovski e Ramys Barbosa).

Os nomes das equipes faziam parte da diversão, e os acadêmicos foram muito criativos utilizando notações e expressões matemáticas envolvidas no conceito de derivadas para criar estes nomes. Por exemplo:  AB’ (lê-se “A B linha”), À deriva, 20%derivar, café com leite, Sélu’ (lê-se “Sélu linha”) dentre outros.

No final, motivados por depoimentos de alunos participantes e expectadores, pôde-se concluir que a Pato’ foi um grande sucesso e agradou a vários estudantes, que ficaram ansiosos e aguardam pela próxima edição. Ademais, as campeãs da Pato’ foram classificadas para serem as representantes da UTFPR Campus Pato Branco na Olimpíada Regional de Derivadas, que deverá ocorrer no segundo semestre em Curitiba.