Home
/
Notícias
/
Pato Branco
/
Pós-Graduação

Pós-Graduação

Publicado 11/28/2022, 2:49:17 PM, última modificação 12/21/2022, 12:56:49 PM
Projeto do Programa de Pós-Graduação em Agronomia (PPGAG) é contemplado pelo Programa de Apoio à Fixação de Jovens Doutores

Pessegueiro.

 Elaborado pelo professor Idemir Citadin e por Gener Augusto Penso, o projeto de pesquisa Atividade de enzimas do metabolismo de carboidratos atuantes na relação fonte e dreno de pessegueiros sob diferentes porta-enxertos clonais em condições de inverno ameno foi um dos contemplados com apoio financeiro pelo Edital 22/2022 – Programa Institucional de Apoio à Fixação de Jovens Doutores.

De acordo com o professor Idemir Citadin, as atividades com porta-enxertos foram implantadas na UTFPR Campus Pato Branco no ano de 2014, fazendo parte de um projeto em rede, coordenado pela Embrapa Clima Temperado. A iniciativa visa contribuir com a qualidade dos frutos e melhoria da produtividade, uma vez que, no Brasil, os porta-enxertos ainda são propagados por sementes, gerando falta de uniformidade no pomar e consequente redução no padrão de frutos produzidos, dificultando a mecanização de atividades como poda, raleio (retirada do excesso de frutos) e colheita.

Entende-se por porta-enxertos as plantas utilizadas apenas como raiz. Sobre elas são enxertadas as plantas produtoras de interesse, uma vez que o foco produtivo encontra-se na copa, de onde serão colhidos os frutos. A busca e escolha por porta-enxertos geralmente ocorre por sua resistência a fatores bióticos (como patógenos provenientes do solo) ou abióticos (como resistência a seca, toxicidade ou deficiência de nutrientes). Também se atém ao controle e vigor da copa, pois plantas de menor tamanho facilitam o manejo e resultam em menor custo para o produtor.

No âmbito da produção agrícola frutífera, é fundamental que se combinem diversos fatores quando da escolha do porta-enxerto para cultivo da copa, uma vez que as condições do clima e solo da região, além da qualidade dos frutos, época de floração, colheita e necessidade de mão de obra para manejo das plantas devem ser levados em consideração.

O pessegueiro é uma espécie de clima temperado que normalmente entra em dormência no período frio, a fim de adquirir resistência às baixas temperaturas. Durante a fase de dormência, a planta cresce menos, perde suas folhas e protege suas gemas (meristemas) por meio do aparecimento de escamas. Os pesquisadores relatam que, na medida em que as condições ambientais se tornam favoráveis, a planta retoma o processo de crescimento, floração e brotação.

Contudo, até que adquira uma formação foliar adequada para a realização de fotossíntese, ela se utiliza de reservas de proteínas e carboidratos, principalmente, acumuladas durante o ciclo anterior. Compreendendo a importância destes processos para a produção frutífera, o projeto proposto pelos pesquisadores objetiva elucidar de que maneira ocorre a formação e mobilização destas reservas de carboidratos nos porta-enxertos, servindo, assim, de padrão para a seleção de outros porta-enxertos clonais.

Edital PROPPG 22/2022 – Programa Institucional de Apoio à Fixação de Jovens Doutores

Publicado em outubro de 2022, o Edital 22/2022 – Programa Institucional de Apoio à Fixação de Jovens Doutores teve por objetivos conceder auxílio para jovens doutores a fim de contribuir com o desenvolvimento das Instituições Científico Tecnológicas do estado do Paraná. O documento também busca criar condições para que estes pesquisadores prossigam com suas atividades acadêmicas junto a grupos e redes de excelência, potencializando, assim, o desenvolvimento da pesquisa científica, tecnológica e de inovação em áreas consideradas de vanguarda e/ou em temas estratégicos para as diversas regiões do Paraná.

O processo de classificação e seleção contou com apoio da Fundação Araucária, que fornece recursos para financiamento de materiais como insumos laboratoriais, reagentes e aquisição de livros ou softwares; pagamento de diárias necessárias ao desenvolvimento do projeto além da publicação de artigos em periódicos científicos.

Dentre as vinte propostas submetidas, destacam-se aquelas enviadas pelo Campus Pato Branco e contempladas com financiamento: Atividade de enzimas do metabolismo de carboidratos atuantes na relação fonte e dreno de pessegueiros sob diferentes porta-enxertos clonais em condições de inverno ameno, interligado à área de Agricultura & Agronegócio e orientado pelo professor Idemir Citadin, e Desenvolvimento de nanoestruturas contendo extrato de Artemisiaannua L. a partir de plantas selecionadas com alto teor de Artemisinina, interligado à área de Biotecnologia & Saúde e orientado pelo professor José Abramo Marchese.