Home
/
Notícias
/
Pato Branco
/
Professores do DAHUM lançam livro

Professores do DAHUM lançam livro

Publicado 11/16/2022, 2:35:16 PM, última modificação 11/16/2022, 2:38:09 PM
Professores do Departamento de Ciências Humanas (DAHUM) da UTFPR-PB lançam livro sobre educação superior em outubro deste ano

Livro Olhares do Sul

Em outubro de 2022, os professores da UTFPR-Pato Branco Nilson de Farias e Marlize Rubin-Oliveira lançaram, pela Editora Navegando (Uberlândia, MG), o livro Internacionalização da Educação Superior: Olhares do Sul.A obra é de acesso livre e gratuito no site da Navegando.

O livro é resultado de pesquisa acadêmica e busca, a partir de olhares do Sul, refletir sobre outras internacionalizações possíveis no campo da Educação Superior (ES), tendo em vista que, no “sistema-mundo” (GROSFOGUEL, 2008), vicejam os imperativos da internacionalização da ES pautada na narrativa mercadológica atrelada aos interesses desnacionalizantes da globalização do capital.

Nesse sentido, a obra investiga concepções, estratégias e ações de internacionalização de duas universidades latino-americanas: Universidad Nacional de Córdoba (UNC – Argentina) e Universidade Federal da Integração Latino-americana (UNILA – Brasil). O ponto de partida é a constituição do EU/EGO constituinte, que ao problematizar a relação universidade/modernidade/racionalidade aponta para a necessária superação do modelo hegemônico EURO-EGO-cêntrico que identifica no OUTRO a exterioridade periférica DIFERENTE e não DISTINTA, geradora da colonialidade.

Assim, para antagonizar e superar a narrativa hegemônica, é imprescindível captar e identificar a emergência de novas epistemologias e ontologias - que reconheçam o OUTRO como DISTINTO -, necessárias para a construção de internacionalizações para NOSOUTROS.

Fundamentada no trabalho de pensadores e pesquisadores latino-americanos, especialmente Enrique Dussel, Aníbal Quijano, Edgardo Lander, Walter Mignolo e Ramón Grosfoguel, a internacionalização é problematizada na perspectiva da descolonialidade, buscando a possibilidade de pensar mundos alternativos que enfrentem a modernidade/racionalidade eurocentrada, através de uma multiplicidade de respostas críticas descoloniais que partam das culturas e lugares epistêmicos subalternos de povos colonizados de todo o mundo.

Nos espaços pesquisados e relatados na obra, é possível identificar políticas e ações concretas que consideram especificidades do local. Também, é possível afirmar que há um potencial nas políticas e ações investigadas que carregam concepções em que o OUTRO é percebido como DISTINTO, com estratégias integracionistas, horizontais e solidárias.

Acesse o livro gratuitamente através do link: https://www.editoranavegando.com/olhares-do-sul