Home
/
Notícias
/
Pato Branco
/
The Girl Has No Name

The Girl Has No Name

Publicado 5/24/2023, 1:48:36 PM, última modificação 5/31/2023, 4:11:33 PM
Projeto de extensão oferece cursos gratuitos para meninas do Ensino Médio de Pato Branco e região

O projeto de extensão The girl has no name: explorando a assimetria de gênero nas Ciências Exatas e Engenharias, coordenado pelos professores Lovania R. Teixeira (Departamento Acadêmico de Letras - DALET) e Marcelo Teixeira (Departamento Acadêmico de Informática - DAINF), está há quase um ano realizando atividades com o propósito de investigar as causas e, assim, tentar diminuir a assimetria de gênero nos cursos de Engenharias e de Ciências Exatas do Campus Pato Branco, por meio de ações afirmativas internas e externas à UTFPR.

Essa iniciativa busca identificar aspectos que possam estar associados ao baixo fluxo de ingressantes e egressas mulheres nos cursos de Engenharia e das Ciências Exatas e iniciar ações que efetivamente aumentem o interesse e o ingresso, bem como o número de egressas mulheres, nos cursos mencionados.

A fim de pôr em prática as ações afirmativas, buscaram-se parcerias com a Secretaria Estadual de Educação, com empresas locais ligadas à área de tecnologia, escolas públicas e privadas. Além disso, o projeto conta com o apoio de programas de pós-graduação da instituição e de outros dois projetos de extensão em andamento: Academia Cisco: cursos a distância em tecnologia da informação por meio da Cisco Networking Academy Brasil (NetAcad), do professor Fábio Favarim (DAINF), e Iniciação a robótica educacional como perspectiva na motivação para ingresso em cursos de engenharia e tecnologia, do professor Eden Ricardo Dosciatti (DAINF). Ambos são voltados à programação, à robótica e à segurança computacional e foram remodelados para se alinharem às demandas ligadas à equidade de gênero na UTFPR, Campus Pato Branco.

Por meio desses projetos parceiros, “The girl has no name” está ofertando dois cursos gratuitos para meninas do Ensino Médio de Pato Branco e região aos sábados na UTFPR-PB:

  • Curso de Python: uma linguagem de programação utilizada no desenvolvimento de sistemas web e mobile e em análises de dados; e

  • Curso de Arduino: uma plataforma para desenvolvimento de projetos robóticos, que serve para introduzir conhecimentos de programação e de eletrônica. 

As turmas contam com 22 meninas cada e iniciaram suas atividades em abril de 2023. As meninas vêm desenvolvendo projetos e adquirindo novas habilidades a cada encontro, tanto com as instrutoras, quando com os ajudantes voluntários que participam desses momentos.

Esses cursos, além de representar uma oportunidade de capacitação e de desenvolvimento de habilidades, também permitem que as meninas entrem em contato com atividades específicas dos cursos de graduação ligados às tecnologias. Assim, são momentos que as permitem entender melhor os processos lógico-matemáticos envolvidos nessas atividades, bem como demostrem o seu potencial, o que serve de incentivo para que mais meninas se tornem futuras alunas desses cursos de graduação.

A divulgação dos projetos e dos cursos de Python e Arduino foi realizada em escolas públicas e privadas dos municípios de Pato Branco e de Coronel Vivida, o que foi uma oportunidade também para divulgar a UTFPR Campus Pato Branco, bem como todos os seus cursos de graduação e pós-graduação.