Home
/
Notícias
/
Pato Branco
/
UTFPR-PB recebe visita de mais um professor da UNLu da Argentina pelo programa MARCA

UTFPR-PB recebe visita de mais um professor da UNLu da Argentina pelo programa MARCA

Publicado 4/22/2024, 11:27:11 AM, última modificação 4/23/2024, 9:04:22 AM
Professor Marcos René Petrasek participa de atividades e troca de informações sobre projetos e descobertas científicas na área de solos com docentes do DAGRO

Na primeira semana de abril, de 01 a 05/04, a UTFPR Campus Pato Branco recebeu, por meio do programa MARCA (Mobilidade Acadêmica Regional de Cursos Acreditados no Sistema ARCO-SUL), a visita do professor Marcos René Petrasek, da Universidad Nacional de Luján (UNLu), da província de Buenos Aires, na Argentina. O professor Marcos é engenheiro agrônomo e dedica-se ao estudo do solo e gases de efeito estufa na UNLu. É também diretor do centro gestor do Campo Experimental da universidade e realiza pós-doutorado em um instituto argentino voltado à pesquisa.

Ao longo da semana, o professor participou de várias atividades, incluindo troca de informações com os docentes do Departamento de Ciências Agrárias (DAGRO) sobre os principais projetos e descobertas científicas na área de solos das duas instituições. Sua agenda de trabalho no campus iniciou na segunda-feira, 01/04, pela manhã, com aparticipação na aula de Forragicultura do professor André Brugnara Soares, apresentando sobre as pastagens da Argentina e a produção animal a pasto aosalunos do 7º semestre do curso de Agronomia. À tarde, esteve em uma reunião formal com os professores do DAGRO, na qual falou sobre a sua universidade, sobre a cidade de Luján e o curso de Engenharia Agronômica da UNLu.

Na terça-feira, dia 02/04, o professor acompanhou a professora Nilvânia Aparecida de Mello na 2ª Aula Aberta de Ciência do Soloda UTFPR Campus Pato Branco, cujo objetivo foi difundir novos conceitos e visões sobre a ciência do solo e suas aplicações. O evento tratou de diferentes aspectos da Ciência do Solo, como manejo do solo, gênese e classificação do solo e seus diferentes usos. Durante o evento, que reuniu estudantes, agricultores e profissionais do ramo agropecuáro, o professor Marcos apresentou sobre o manejo do solo em sistemas agropecuários argentinos, os solos da região em que trabalha, a forma de classificação de solos empregada na Argentina e a relação entre o tipo de solo e o uso do solo.

Na quarta-feira, dia 03/04, o professor participou novamente na aula de Forragicultura do professor André pela manhã. À tarde, o professor esteve livre para conhecer melhor a cidade e, à noite, ministrou uma palestra na Associação de Engenheiros Agrônomos de Pato Branco (AEAPB) intitulada Cultivos de serviço: alternativas de manejo para reduzir as emissões de gases de efeito estufa no cultivo da soja. O evento contou com a presença de engenheiros agrônomos, estudantes e professores do curso de Agronomia da UTFPR-PB.

Na manhã de quinta-feira, dia 04/04, o professor esteve acompanhado da professora Rachel Muylaert Locks Guimarães, coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Agronomia (PPGAG), para interagir nos programas de pós-graduação ligados ao DAGRO, além de participar de uma reunião com pesquisadores, alunos e professores da área de solos do PPGAG a fim de realizar uma troca de informações entre a UTFPR e a UNLu a respeito de seus principais projetos e achados científicos.

No período da tarde, acompanhado da professora do DAGRO, Nilvânia Aparecida de Mello, o professor Marcos esteve também em reunião com os pós-graduandos de mestrado e doutorado do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional (PPGDR) para discutrir a respeito da atuação interdisciplinar, relatando experiências interdisciplinares e suas possíveis utilizações para o enfrentamento de problemas ambientais e sociais.

Na sexta-feira, dia 05/04, o professor realizou visitas a propriedades rurais da região pela manhã, para observar os sistemas de produção. À tarde, participou da aula de Culturas de Lavouras II, do professor Giovani Benin, em que apresentou sobre a produção da soja na Argentina aos alunos do 8º período do curso de Agronomia. Durante a noite, realizou, no miniauditório, uma apresentação sobre os solos da Argentina voltada a professores e estudantes de graduação e pós-graduação de Agronomia do Campus Pato Branco.

Em entrevista, o professor Marcos destacou os objetivos da viagem e sua experiência na instituição: “Está sendo muito boa […], tive a oportunidade de acompanhar a aula do professor André, conhecer os demais docentes e os alunos. Compartilhei um pouco sobre como é o nosso manejo lá na Argentina e isso é muito importante para os alunos entenderem como é a produção em outro país com um clima diferente, um solo diferente, altitudes diferentes e diferentes variedades”.

O professor destacou ainda a importância da troca de informações entre as duas universidades: “Apresentei sobre como é a carreira de agronomia na Universidade de Luján, mostrando as diferenças e similaridades, pois a formação de um lugar para o outro muda por conta da região, afinal, o estudante que se forma aqui aprende a cultivar com o clima e solo que ele tem na região e o mesmo acontece na Argentina. Então, por isso, acho muito importante esse intercâmbio cultural, em que podemos mostrar as diferenças e apresentar opções para os alunos aprenderem.”

Por fim, em possíveis novos projetos em colaboração com a UTFPR-PB, o professor ressaltou a importância de promover o intercâmbio, pois “[…] é muito importante para o desenvolvimento do aluno profissionalmente” e também investie em projetos de pesquisa em parceria para “complementar a pesquisa na área e ampliar a sua metodologia”.

Em agosto de 2023, a UTFPR-PB recebeu o professor Carlos Walter Afonso, também da Universidad Nacional de Luján (UNLu):