Home
/
Notícias
/
Ponta Grossa
/
Ascom implanta nova forma de interação com os servidores

Ascom implanta nova forma de interação com os servidores

Publicado 6/14/2021, 10:00:28 AM, última modificação 11/7/2022, 11:25:59 AM
Com a utilização de listas de transmissão a informação chegará de modo mais ágil aos servidores

A partir desta sexta-feira, 11 de junho, os servidores do campus Ponta Grossa podem fazer seu cadastro para receber notícias institucionais através de listas de transmissão do aplicativo de mensagens instantâneas WhatsApp. A nova ferramenta de comunicação está sendo implantada pela Assessoria de Comunicação do campus (Ascom-PG) e visa proporcionar informações de forma mais assertiva e direcionada aos profissionais que atuam na UTFPR Campus Ponta Grossa.

As listas para envio de informações serão divididas em três segmentos, iniciando com técnicos administrativos e docentes, para posteriormente ser disponibilizada aos estudantes também. Com foco em conteúdos institucionais, as mensagens priorizam um tamanho reduzido e são acompanhadas de links, para que os interessados acessem mais informações a respeito dos assuntos abordados.

A escolha pelas listas de transmissão surge como uma alternativa para a quantidade de e-mails institucionais enviados diariamente. “Duas grandes vantagens das listas por aplicativos de mensagem são a agilidade na comunicação e também a manutenção da privacidade de todos, já que desta forma nenhum contato é exposto, como acontece com a criação de grupos”, argumenta o servidor Daniel Zadra Luz que nesta gestão responde pela chefia do gabinete da direção-geral.

Para receber as mensagens informativas basta incluir em seus contatos telefônicos o número de WhatsApp institucional da Ascom-PG (clique no link ou adicione manualmente 42 3220-4803) e enviar uma mensagem determinando em qual lista gostaria de ser incluído, a exemplo de: “lista - técnicos” ou “lista - docentes”.

Com essa e outras novas formas de comunicação, os diversos setores institucionais têm buscado suprir da forma mais ágil e efetiva algumas das carências provenientes do distanciamento social. “Essa é mais uma forma de aproximação com a comunidade, mostrando que mesmo que as atividades presenciais estejam suspensas no momento, a Universidade não parou e busca constantemente mudanças para melhor atender a toda a comunidade”, finaliza o diretor-geral do campus, professor Abel Dionizio Azeredo, idealizador do projeto.