Home
/
Notícias
/
Ponta Grossa
/
Competição Nacional

Competição Nacional

Publicado 3/8/2023, 2:11:51 PM, última modificação 3/8/2023, 2:16:25 PM
A Equipe do BAJA Gralha Azul participa de evento que busca desenvolver boas práticas de engenharia, auxiliando na formação dos futuros profissionais, através da criação de um protótipo off road do tipo baja regulamentado.

Equipe que representou o Campus Ponta Grossa em evento nacional comemora os resultados.

A Equipe do BAJA Gralha Azul participou da 28ª Competição Baja SAE BRASIL. A competição que é anual e tem abrangência nacional, ocorreu em São José dos Campos, no Estado de São Paulo, entre os dias 01 a 05 de março, reunindo diversas empresas e engenheiros, em conjunto com a Sociedade dos Engenheiros da Mobilidade (SAE). O objetivo do evento é desenvolver boas práticas de engenharia, auxiliando na formação dos futuros profissionais, através da criação de um protótipo off road do tipo baja regulamentado.                                                                             

A equipe do Campus Ponta Grossa da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) contou com diversos eventos de arrecadações e importantes patrocinadores para garantir sua participação. O Capitão do Baja, Henrique Starke, destaca a importância em participar do evento em função de todo aprendizado que proporciona aos estudantes. “Testamos nossos conhecimentos e temos feedbacks valiosos de juízes e engenheiros do ramo. Sempre voltamos mais motivados para nosso futuro acadêmico, para conseguir melhoraria em nosso protótipo.  Tenho certeza que todos que passam pela experiência de uma competição de Baja SAE tem uma visão de mercado muito maior”, conta o acadêmico.

Mesmo sendo necessário enfrentar adversidades durante a competição a Equipe do BAJA Gralha Azul comemora os resultados alcançados, conquistando a 7° colocação em suspensão, 9° no Super Prime, 10° em Frenagem  e 15° em tração, além da grande conquista de liderar o enduro por mais de 1 hora.  “É sempre uma honra para nós participar e trazer resultados. Sabemos do potencial que temos, e mesmo com todas as dificuldades, conseguimos dar nosso melhor cada dia mais e contornar situações que para alguns poderiam levar a desistência. O adjetivo "bajeiro" continua sendo uma das nossas maiores características. Ser "bajeiro" é se entregar, não desistir, achar soluções em meio as dificuldades levantar a cabeça e fazer acontecer”, define o Capitão da Equipe.

Nesta edição da competição participaram 15 membros do Campus Ponta Grossa, sendo  permitido  o credenciamento de até 20 alunos.  O servidor do Núcleo de Acompanhamento Psicopedagógico e de Assistência Estudantil (NUAPE), Aurélio Rodrigues Nazareth, também acompanhou o grupo e auxiliou os participantes durante todo o evento.