Home
/
Notícias
/
Ponta Grossa
/
Dos projetos acadêmicos para o mercado de trabalho

Dos projetos acadêmicos para o mercado de trabalho

Publicado 10/21/2021, 1:57:43 PM, última modificação 11/7/2022, 11:26:08 AM
Primeiro ônibus elétrico em atividade na região é apresentado por egresso da UTFPR-PG

O primeiro ônibus 100% elétrico em operação na região dos campos gerais, e que faz o trajeto entre Ponta Grossa e Curitiba, foi apresentado para uma equipe da UTFPR-PG  no último mês de setembro. Para realizar as explicações sobre o veículo e tirar dúvidas do pequeno público convidado, esteve presente o Engenheiro Eletrônico e mestrando em Engenharia Elétrica pelo Programa de Pós-Graduação da instituição, Gustavo Trudes. 

Membro fundador da UTForce F-SAE e-Racing e da Orion Aerospace Design, projetos de competição da UTFPR-PG, Gustavo atualmente é Head de Dados e Projetos da Expresso Princesa dos Campos (responsável pelas viagens), empresa parceira no projeto do veículo 100% elétrico com a Marcopolo (montadora do veículo) e a BYD, maior fabricante mundial de baterias de fosfato de ferro-lítio.

Durante a demonstração do veículo na UTFPR-PG, os servidores e estudantes presentes foram convidados a um pequeno passeio dentro do ônibus, cerca de 30 minutos na rodovia e tiveram a oportunidade de conversar com o engenheiro e tirar suas dúvidas sobre a operação do veículo, bem como seu funcionamento.  

O veículo tem autonomia de 250 quilômetros e capacidade para 44 passageiros sentados. De acordo com os estudos feitos pela BYD, a introdução do equipamento no setor pode representar até 70% de economia no custo operacional, diminuindo aproximadamente 118,7 toneladas de emissão de dióxido de carbono no meio ambiente por equipamento, equivalente ao plantio de 847 árvores, ou até mesmo a 72 mil quilômetros percorridos por ano pelos ônibus tradicionais.

Neste projeto, a estrutura é constituída por materiais de alta resistência a torção e a flexão. Os freios a disco regenerativos com sistema ABS proporcionam maior segurança e autonomia ao veículo. A energia cinética dá ao veículo a capacidade de reverter a energia nos momentos de frenagem, permitindo a realimentação dos sistemas de baterias. A suspensão pneumática integral proporciona conforto aos passageiros e ao motorista. O modelo BYD D9F possui até 300 quilômetros de autonomia e a recarga total (0% a 100%) se dá num período de até quatro horas.

Informações: arede.info / paranaportal.uol.com.br / dcmais.com.br