Home
/
Notícias
/
Ponta Grossa
/
Projeto de Eficiência Energética recebe painéis solares

Projeto de Eficiência Energética recebe painéis solares

Publicado 5/6/2024, 3:44:55 PM, última modificação 5/6/2024, 3:45:17 PM
É inicialmente esperada uma economia mensal de mais de R$ 35 mil por mês com essa iniciativa, que deve aumentar progressivamente e trazer um retorno estimado superior a R$ 5 milhões em 10 anos.

O Campus Ponta Grossa, da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), recebeu na manhã de sexta-feira, 03, os painéis solares que fazem parte do Projeto de Eficiência Energética, que é resultante da Chamada Pública PEE COPEL 002/2019, assinado em 04 de novembro 2021, com um investimento total de R$ 3.542.317,11.

Segundo o Diretor-Geral do Campus Ponta Grossa, Abel Dionizio Azeredo, com esse projeto é inicialmente estimada uma economia mensal líquida de R$ 35.628,81 por mês, que deve aumentar progressivamente até chegar a R$ 55.857,08 em 2033, economia que deve trazer um retorno estimado de R$ 5.300.135,66 em 10 anos. Ele explica que os recursos economizados com o pagamento de energia elétrica serão destinados internamente para obras, equipamentos, bolsas, auxílios e manutenção.

“Em tese, teremos a capacidade de gerar toda a energia consumida em nosso campus porque o excedente gerado é transformado em crédito para ser utilizado nos períodos em que não há geração, como à noite ou em dias chuvosos ou nublados. Mesmo a energia consumida em horários chamados de ´fora-de-ponta´ podem ser compensados com créditos da produção excedente na razão de um para 1,67”, destaca Azeredo.

O custo da instalação das usinas fotovoltaicas, que inclui os painéis solares, sistema de geração e medição, subestações, entre outros equipamentos será de R$ 1.230.000,00. Valor que poderá ser aditivado em até 25% caso haja a necessidade de adaptações imprevistas no projeto executivo. Todo esse investimento é suportado pela Companhia Paranaense de Energia (Copel), de acordo com as metas impostas pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) às concessionárias de Energia Elétrica, sendo apenas intermediado pela FUNTEF. O que significa que o investimento não é do Tesouro Nacional, ou seja, não irá sair do orçamento do Campus Ponta Grossa.

A primeira parte do projeto que inclui a troca de lâmpadas e equipamentos por similares mais eficientes quanto ao consumo energético já foi concluída. Inicia agora a etapa de instalação das usinas fotovoltaicas pela empresa Glow Energia, que venceu a licitação realizada pela FUNTEF. 

Um dos destaques desta parceria é que a empresa, que agora presta serviços à Universidade, foi constituída, há 7 anos, por estudantes do Campus Ponta Grossa,  do Curso de Engenharia Elétrica. A Glow Energia tem um portfólio com mais de 15 mil painéis fotovoltaicos instalados, que geram anualmente cerca de 13GWH de produção de energia em mais de 500 usinas já em funcionamento. 

Para Azeredo esta obra, juntamente com a mudança do sistema de aquecimento da água da piscina e a instalação do sistema de captação do esgoto no campus, entre outras já executadas ou em planejamento, estão pautadas pela preocupação da atual gestão com a sustentabilidade e com ao anseio de permitir ensinar pelo exemplo. 

“Evidentemente que o retorno financeiro pela economia na conta de energia elétrica é outro aspecto de suma importância, pois esse montante que seria gasto com o pagamento da fatura de energia elétrica será revertido em manutenção e investimentos nas atividades de ensino, pesquisa e extensão desenvolvidos no Campus Ponta Grossa da UTFPR,” afirma o Diretor-Geral.

A colocação dos painéis solares já foi iniciada e deve ser concluída até o final do semestre. Foram escolhidos como local de instalação os telhados dos blocos K, L, J1, J2, G, O, V e H.