Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Cornélio Procópio > Pesquisadores da UTFPR-CP desenvolvem Joystick de baixo custo para exercícios respiratórios
conteúdo

Notícias

Pesquisadores da UTFPR-CP desenvolvem Joystick de baixo custo para exercícios respiratórios

Inovação

Dispositivo permite que pacientes controlem jogos digitais por sopros e sucções
publicado: 24/05/2022 11h43 última modificação: 24/05/2022 11h43

A equipe de pesquisadores da UTFPPR-CP formada pelos Professores Doutores André Sanches Fonseca Sobrinho, Maria Eugenia Dajer e Paulo Rogério Scalassara, juntamente com o Professor Doutor Francisco Granziera Junior da Universidade Estadual de Londrina-UEL estão desenvolvendo um JoyStick de baixo custo para realização de exercícios respiratórios por pacientes em tratamentos fisioterápicos ou fonoaudiológicos. Os Joysticks são periféricos eletrônicos que permitem aos usuários de computadores controlar ações virtuais e dispositivos digitais em diferentes áreas e atividades, desde os jogos digitais até cirurgias de alta complexidade ou outras ações que exigem controle à distância.

 Na Fisioterapia respiratória e na Fonoaudiologia, o JoyStick de baixo custo vai contribuir para sofisticar o tratamento de pacientes com dificuldades ou disfunções respiratórias tornando os exercícios de prevenção, estimulação, fortalecimento e reabilitação mais atrativos com forte apelo ao lúdico para a realização das atividades. Via de regra, esses exercícios são efetuados por meio de acessórios mecânicos, como, por exemplo, canudos ou mangueiras acopladas à garrafas d´água ou Inspirtômetros, ambos utilizados para aumentar o volume de ar e ventilação pulmonares em pacientes com baixos fluxos inspiratórios.

 Durante a pandemia de COVID-19 no Brasil, milhares de pacientes foram encaminhados para o tratamento de disfunções respiratórias causadas pela doença. Todos eles fizeram uso ampliado dos acessórios mecânicos, relatando desconfortos ou desmotivação durante a realização dos exercícios. Ademais, preocupações com a higiene e segurança desses equipamentos também foram relatadas. Para solucionar esses problemas e ampliar a ludicidade dos exercícios, os pesquisadores da UTFPR-CP e da UEL criaram um dispositivo eletrônico que identifica sopros e sucções por meio de um sensor de pressão e de um microcontrolador que, conectado ao computador, tablet ou celular permite que o paciente controle jogos eletrônicos gratuitos disponíveis na web durante a realização dos exercícios de respiração e outras ações do tratamento fisioterápico ou fonoaudiológico.

 Em fevereiro de 2022, o projeto intitulado “Joystick de baixo custo para exercícios respiratórios” foi contemplado com recursos financeiros do Edital Catalisa Inovação, Ciência e Tecnologia-ICT do SEBRAE, obtendo um financiamento de R$ 146.000,00. Os recursos prospectados vão garantir a continuidade das demais etapas de pesquisa e o desenvolvimento do produto, a criação do protótipo e a fabricação das primeiras unidades no âmbito do projeto. O invento, porém, foi patenteado junto ao Instituto Nacional de Propriedade Industrial-INPI em 2017 sob o número BR 20 2017 015356 3, gozando, desde então, das prerrogativas legais de proteção da propriedade intelectual.

 A expectativa dos pesquisadores é que no mês de outubro de 2022 a primeira versão do protótipo seja finalizada e as primeiras unidades do produto sejam fabricadas. A partir daí, os dispositivos serão distribuídos em diferentes clínicas de fisioterapia e fonoaudiologia para testes com pacientes, análise, mensuração e validação dos resultados.