Você está aqui: Página Inicial > Covid-19 > Plano de contingência - COVID 19
conteúdo

Plano de contingência da UTFPR

publicado 25/02/2022 17h53, última modificação 15/03/2022 08h01

Plano de contingência completo para baixar no formato PDF

O Plano de Contingência da UTFPR para o enfrentamento da COVID-19 define os procedimentos e ações que visam reduzir os riscos inerentes às atividades presenciais em prol a um ambiente seguro e saudável para toda a comunidade acadêmica. O plano de contingência atende às definições da  RESOLUÇÃO COUNI/UTFPR nº 71 e das instruções normativas (INs) IN 33/2022  e da IN 34/2022. 

Neste sentido, TODOS OS QUE FREQUENTAM os ambientes da UTFPR deverão obrigatoriamente atender às seguintes medidas gerais de biossegurança:

  • Usar máscaras de proteção individual, cobrindo nariz e boca;
  • Higienizar frequentemente as mãos e usar álcool 70%;
  • Manter o distanciamento e evitar aglomerações;
  • Estar vacinado(a), com esquema vacinal válido ou em dia contra COVID-19, conforme orientações do Ministério da Saúde, mediante comprovação;
  • As pessoas que não comprovarem o esquema vacinal válido ou em dia contra a COVID-19,  ou não comprovarem condição médica de contraindicação para a administração da vacina, terão seu acesso e sua permanência dentro das instalações da UTFPR condicionados à apresentação periódica de exame, realizado no máximo nas últimas 72 horas, com resultado negativo (não reagente) para a infecção por SARS-CoV-2.

 

Orientações sobre a (a) comprovação do esquema vacinal, (b) declaração médica de contraindicação e (c) exame com resultado negativo:   

 Para mais detalhes, favor selecionar o seu perfil abaixo:

 Estudantes

 Servidores

 Estagiário da UTFPR de outras instituições de ensino

 

Como proceder em caso de contaminação por COVID-19? 

O servidor, o estagiário e o estudante com exame de resultado positivo (reagente) para a infeção por SARS-CoV-2 e que não tenha atestado médico para afastamento total das atividades deverá permanecer em atividade remota por 10 (dez) dias após a confirmação positiva, sendo que:

  1. Após o prazo de 10 dias de isolamento, deverá ser apresentado novo exame;
  2. Com o resultado negativo do exame, deverá haver retorno às atividades presenciais;
  3. Caso o resultado permaneça positivo, deverá ser apresentado a cada 5 (cinco) dias novo exame até o resultado negativo (não reagente) para retorno às atividades presenciais."

 

Outras informações

Glossário

Estatística do Passaporte Vacinal (em breve)