Você está aqui: Página Inicial > Pesquisa e Pós-graduação > Laboratórios Multiusuários > Laboratórios > Centro Multiusuário de Caracterização de Materiais (CMCM)
conteúdo

Centro Multiusuário de Caracterização de Materiais (CMCM)

publicado 04/09/2019 17h31, última modificação 17/10/2019 15h20

Administração | Equipamentos | Normas de funcionamento
Agendamentos | Contato e localização | Estatísticas de acesso

 

O Centro Multiusuário de Caracterização de Materiais - CMCM, localizado na Sede Centro do Campus Curitiba da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), atua prioritariamente no apoio às atividades de pesquisa desenvolvidas nos diferentes campi da UTFPR. O CMCM também destina parte de sua disponibilidade operacional ao atendimento de usuários externos, como outras universidades, indústrias locais, peritos judiciais e órgãos da administração pública que necessitem seus serviços.

O CMCM foi nucleado no ano de 2012 por iniciativa da diretoria do Campus Curitiba de colocar a disposição da comunidade acadêmica de toda UTFPR uma estrutura capaz de realizar análises de caracterização de materiais essenciais ao desenvolvimento da pesquisa na universidade. Foram investidos recursos do projeto de expansão universitária REUNI na aquisição de um difratômetro de raios-X e de um microscópio eletrônico de varredura (MEV), com a convicção de que uma melhor estrutura para pesquisa viabiliza melhores oportunidades de aprendizado em todos os níveis de ensino da instituição e também a fortalece como referência de instituição tecnológica ao setor produtivo da região.

Nos anos seguintes, projetos institucionais financiados com recursos da FINEP sustentaram a ampliação da estrutura com colocação em funcionamento de um microscópio confocal, em 2013, e de um detector de espectrometria por dispersão de comprimento de onda (WDS) foi acoplado ao MEV, em 2015.

Esses novos investimentos, que mais que dobraram o volume de recursos destinados ao Centro, aliados a uma política acessível de funcionamento das instalações, traduzem a percepção existente na UTFPR de que o uso compartilhado de equipamentos de alto custo é a forma mais racional de garantir o avanço do conhecimento, não apenas por significar um uso mais eficiente dos recursos, mas igualmente por induzir a convivência multidisciplinar entre seus usuários.