Cidades

Publicado 3/15/2023, 8:47:42 AM, última modificação 4/22/2024, 4:23:14 PM

Apucarana

O Campus Apucarana da Universidade Tecnológica Federal do Paraná, iniciou suas atividades no município de Apucarana no dia 10 de janeiro de 2007. No dia 12 de fevereiro do mesmo ano, iniciavam-se as aulas de duas turmas do Curso Técnico de Industrialização do Vestuário. Desde então, o Campus tem oferecido um ensino público, gratuito e de qualidade à Apucarana e região. Desde então, o Campus tem oferecido um ensino público, gratuito e de qualidade à Apucarana e região. Atualmente são ofertados, sete Cursos de Graduação no Campus: Engenharia Civil, Engenharia de Computação, Engenharia Elétrica, Engenharia Química, Engenharia Têxtil, Design de Moda e Licenciatura em Química; além de cursos de Pós-Graduação, em nível de Especialização e Mestrado.

Campo Mourão

O Campus Campo Mourão iniciou seu funcionamento nas instalações do antigo Ginásio de Esportes Belim Carolo, ocupando uma área de 64 mil m² aproximadamente. As atividades discentes começaram no dia 10 de abril de 1995, com 240 alunos distribuídos em seis turmas.

Atualmente, o campus conta com uma estrutura física privilegiada onde estudam cerca de 2.000 alunos. Oferece o Curso Técnico Integrado em Informática (nível médio), cursos na modalidade Educação à Distância na área de eletrônica e ambiental. Sete cursos superiores: Ciência da Computação; Engenharia Ambiental; Engenharia de Alimentos; Engenharia Civil; Engenharia Eletrônica; Licenciatura em Química e Tecnologia de Alimentos; além de cursos de Pós-Graduação, em nível de Especialização e Mestrado.

Cornélio Procópio

O nascimento do Campus Cornélio Procópio aconteceu com a sua implantação, em 1993, na época como uma Unidade de Ensino Descentralizada - UNED - do então CEFET-PR e ofertava somente os Cursos Técnicos nas áreas de Eletrotécnica e Mecânica.

Atualmente, o campus conta com cerca de 2000 alunos oriundos de diversas partes do país. Ocupa uma área de cerca de 65,1 mil m2, possuindo construções que totalizam aproximadamente 22.5 mil m2, abrangendo ambientes administrativos, de ensino, pesquisa e área esportiva.

Os cursos oferecidos pela UTFPR Campus Cornélio Procópio atualmente são: Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Engenharia Elétrica, Engenharia Mecânica, Engenharia de Computação, Engenharia de Software, Engenharia Eletrônica, Engenharia de Controle e Automação e Licenciatura em Matemática; além de cursos de Pós-Graduação, em nível de Especialização e Mestrado.

Curitiba

A história do Campus Curitiba, da Universidade Tecnológica Federal do Paraná – UTFPR, teve início no século passado. Sua trajetória começou com a criação das Escolas de Aprendizes Artífices em várias capitais do país pelo então presidente, Nilo Peçanha, em 23 de setembro de 1909. No Paraná, a escola foi inaugurada no dia 16 de janeiro de 1910, em um prédio da Praça Carlos Gomes.

Até o início dos anos 2000, o então CEFET-PR era dirigido administrativamente pela sua Unidade Sede em Curitiba - onde funcionava a Diretoria-Geral - e por mais cinco UNEDs (Unidades de Ensino Descentralizadas) nas cidades de Medianeira, Cornélio Procópio, Pato Branco, Ponta Grossa e Campo Mourão, cada qual com sua Diretoria de Unidade. Atendendo em parte à pressão exercida pelas UNEDs, a então Unidade Curitiba do CEFET-PR foi idealizada e implantada oficialmente, em 24 de março daquele ano, desmembrando-se da Diretoria-Geral e passando a ter administração própria, cujo objetivo era o de permitir que as ações daquela ocorressem de forma mais equitativa em relação a todos os campi.

Dois Vizinhos

Em 03 de setembro de 2003 foi assinado o repasse, pela Escola Agrotécnica de Rio do Sul, da Escola Agrotécnica Federal de Dois Vizinhos para o Sistema CEFET-PR, ficando vinculada administrativamente à Unidade de Ensino Descentralizada (UNED) Pato Branco do sistema CEFET-PR.

Com a transformação do sistema CEFET em Universidade Tecnológica Federal do Paraná no ano de 2005, criou-se o Campus Dois Vizinhos, com sede administrativa no próprio campus. Atualmente, o campus oferta os cursos superiores de Bacharelado em Agronomia, Engenharia Florestal, Bacharelado em Zootecnia, Licenciatura em Ciências Biológicas, Engenharia de Bioprocessos e Biotecnologia e Bacharelado em Engenharia de Software, além de cursos de pós-graduação, atendendo uma comunidade de 1.700 estudantes.

Francisco Beltrão

O campus iniciou efetivamente suas atividades no dia 03 de março de 2008, data de sua inauguração. A escolha do primeiro curso, implantado no início de 2008, Tecnologia em Alimentos, deu-se em razão da significativa presença de indústrias alimentícias na região, com grande demanda de mão de obra especializada.

Outro potencial da região, a geração de energia por meio de pequenas centrais hidrelétricas e energia eólica é explorada no ensino do curso de Engenharia Ambiental. O campus também oferta os cursos de Agronomia e Sistemas de Informação, atendendo a vocação agrária e tecnológica da região.

Guarapuava

As atividades do Campus Guarapuava começaram em 2011, com os dois primeiros cursos ofertados no campus: Engenharia Mecânica e Superior de Tecnologia em Sistemas para Internet. No dia 28 de fevereiro, começaram as aulas no Campus Guarapuava, com 84 estudantes.

Em fevereiro de 2014 as atividades didático-administrativas do Campus Guarapuava da UTFPR começaram a ser desenvolvidas em sua sede própria, contando com uma infraestrutura disponível totalizando 7000 m². A sede conta atualmente com seis blocos com 11 salas de aula, seis Laboratórios de Informática, dois Laboratórios de Física, dois laboratórios de Química, além de laboratórios específicos ao atendimento dos cursos atualmente ofertados. Também conta com um Restaurante Universitário, quadra poliesportiva, um miniauditório, biblioteca e salas de atendimento ao aluno.

Londrina

O Campus Londrina foi implantado em fevereiro de 2007, funcionando provisoriamente no prédio da FUNTEL, ofertando o Curso Superior de Tecnologia em Alimentos. A partir de 2009, parte das atividades foi transferida para as instalações definitivas, na Gleba Lindóia, continuação da Estrada dos Pioneiros, região leste da cidade, onde o campus está sendo construído em um terreno doado pela Prefeitura de Londrina. Em 2010, as atividades passaram a ser realizadas integralmente nas instalações definitivas.

Atualmente, oferta sete cursos de graduação: Tecnologia em Alimentos, Engenharia Ambiental, Engenharia de Materiais, Engenharia Mecânica, Engenharia de Produção, Engenharia Química e Licenciatura em Química; além de cursos de Pós-Graduação, em nível de Especialização e Mestrado. O Campus Londrina conta, hoje, com cerca de 2.670 alunos.

Medianeira

O campus Medianeira iniciou as suas atividades administrativas em janeiro de 1990, ainda como uma Unidade de Ensino Descentralizada (UNED) do CEFET-PR. Em março de 1990, a Unidade abriu as portas para receber as primeiras turmas dos cursos Técnicos de Nível Médio em Alimentos e Eletromecânica.

Em 1996, a Unidade inaugura o seu primeiro curso de nível superior: o Curso de Tecnologia em Alimentos. Atualmente o Campus Medianeira tem 9 cursos em nível de graduação (Engenharia Elétrica, Engenharia Ambiental; Engenharia de Alimentos; Engenharia de Produção; Bacharelado em Ciência da Computação; Licenciatura em Química; Tecnologia em Alimentos; Tecnologia em Gestão Ambiental e Tecnologia em Manutenção Industrial),e 5 programas em nível de pós-graduação, com cerca de 2.200 alunos matriculados.

Pato Branco

Em 1990, o Governo Federal, através do Programa de Expansão e Melhoria do Ensino Técnico fez com que o Centro Federal de Educação Tecnológica - CEFET-PR se expandisse para o interior do Paraná, onde implantou cinco unidades, dentre as quais, a Unidade de Pato Branco. Apesar do Programa que permitiu a ampliação das Unidades do então CEFET-PR ter iniciado em 1990, ainda em 1987, iniciaram as primeiras negociações para a implantação da Unidade de Ensino na região do sudoeste do Paraná.

As primeiras aulas foram ministradas dia 15 de março de 1993 e a aula inaugural realizada no dia 29 de março. Entretanto, a cerimônia oficial de inauguração da Unidade de Ensino de Pato Branco aconteceu no dia 17 de abril do mesmo ano.

Em 2007, foram implantados os primeiros Cursos de Engenharia do campus e iniciada a ampliação de Cursos de Licenciatura no sistema e, consequentemente, no Campus Pato Branco. Além da abertura destes cursos, neste mesmo ano teve início o Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Agronomia, o primeiro do campus e da região.

Ponta Grossa

O Campus Ponta Grossa da UTFPR, antiga Unidade do Centro Federal de Educação Tecnológica – CEFET-PR, iniciou suas atividades em março de 1993. As atividades educacionais iniciaram com a oferta dos Cursos Técnicos em Alimentos e Eletrônica. Já em 1999 passou a ofertar os Cursos Superiores de Tecnologia, com objetivo de formar profissionais focados em tecnologia de ponta e no final de 2003 foi aprovada a Pós-graduação Stricto-Sensu que iniciou suas atividades em 2004, com a oferta do Curso de Mestrado em Engenharia de Produção.

Em 2005, acontece a transformação do CEFET-PR em Universidade Tecnológica. A partir daí, novos cursos de nível superior entram em funcionamento já em 2007: Engenharia de Produção em Controle e Automação e Engenharia de Produção Mecânica.

Atualmente, o campus oferece, para entrada de novos alunos, 3 cursos de Tecnologia, 6 cursos de Bacharelado, sendo 5 Engenharias e 1 curso de licenciatura, além dos cursos de Especialização, Mestrado e Doutorado. Para atender a demanda de ensino, pesquisa e extensão, o campus conta ainda com novas instalações, equipamentos e aproximadamente 60 laboratórios.

Santa Helena

O campus Santa Helena da Universidade Tecnológica Federal do Paraná foi implantado no dia 29 de novembro de 2013. No ano de 2014 ocorreram as aberturas dos cursos de Ciência da Computação no período diurno e de Licenciatura em Ciências Biológicas no período noturno. Posteriormente, no ano de 2017, deu-se a abertura do curso de Agronomia.

Atualmente, o Campus Santa Helena oferta três cursos de graduação, Licenciatura em Ciências Biológicas, Bacharelado em Ciência da Computação e Bacharelado em Agronomia, e dois cursos de Pós-Graduação, atendendo mais de 500 estudantes.

Toledo

O campus Toledo da Universidade Tecnológica Federal do Paraná foi implantado no dia 05 de fevereiro de 2007, ofertando o curso em Educação Profissional Técnico de Nível Médio em Gastronomia. Naquele mesmo ano, no mês de agosto, também abriu a graduação em Tecnologia em Processos Químicos. Em 2009, a instituição disponibilizou mais dois cursos: o Técnico Integrado em Informática e a graduação em Engenharia Industrial Elétrica, que, mais tarde, migrou para Engenharia Eletrônica.

Em julho de 2010 foi inaugurada sua sede e, em agosto do mesmo ano, iniciou o curso de Engenharia Civil. Já no ano seguinte, em agosto de 2011, teve início o curso de Licenciatura em Matemática. Em janeiro de 2014, o curso de Tecnologia em Sistemas para Internet e, em janeiro de 2015, o curso de Engenharia de Bioprocessos e Biotecnologia e Engenharia de Computação. Atualmente, dispõe de uma área total de 59.721,80m² para atender 1.784 acadêmicos de graduação e pós-graduação.