Home
/
Campus
/
Campus Dois Vizinhos
/
Selo de Carbono Neutro para a Fazenda Experimental da UTFPR-DV

Selo de Carbono Neutro para a Fazenda Experimental da UTFPR-DV

Publicado 6/6/2024, 11:40:05 AM, última modificação 6/6/2024, 12:10:11 PM
O Campus Dois Vizinhos passará a ser um dos primeiros Campi Universitário brasileiros certificados neste quesito

A UTFPR-DV, a Sociedade Rural Vale do Iguaçu e a ABRARASTRO – Associação Brasileira de Rastreabilidade Alimentos, formalizaram, ainda no final do mês de abril de 2024, um Acordo de Cooperação Técnica que tem por objeto a certificação da Fazenda Experimental do Campus Dois Vizinhos como Fazenda Experimental Universitária Carbono Neutro. O acordo também visa estabelecer modelos de atividades e eventos agropecuários certificados como Carbono Neutro. O projeto será coordenado pele professor Dr. Laércio Ricardo Sartor, atual coordenador da fazenda experimental.

O cenário global converge para uma produção sustentável e atitudes racionais quanto ao uso dos recursos naturais, eficiência energética, garantia na produção de alimentos seguros, tratamento de resíduos, sequestro de carbono e redução na emissão de gases de efeito estufa, entre outros. O contexto atual do campus Dois Vizinhos, que possui uma área 193 ha, é resultado de uma série de transformações iniciadas com a implantação da Escola Agrotécnica Federal, na metade dos anos 90. Neste sentido, a UTFPR-DV apresenta condições e características para se tornar um centro de referência de produção agropecuária e florestal sustentável, por meio de produção de ciência e tecnologia, capacitação e treinamento de recursos humanos, integrando toda a comunidade. Pautada numa visão estratégica, a instituição tem buscado o desenvolvimento de diversos projetos e ações voltados para a conservação ambiental, sequestro de carbono, uso racional da água, energias renováveis, fontes alternativas de fertilizantes, entre outros.

A proposta em questão visa realizar o inventário de créditos de carbono na Fazenda Experimental da UTFPR-DV, por meio desse acordo de cooperação técnica e ser referência para produtores rurais e outras instituições no contexto de carbono neutro e sustentabilidade. O desenvolvimento das ações propostas resultará na certificação enquanto Campus Universitário Carbono Neutro, junto a órgãos competentes, nesse caso a ABRARASTRO. Cabe salientar que, esse processo servirá como base para o desenvolvimento de modelos e técnicas capazes de serem replicadas pelos produtores rurais, aqui representados pela sociedade rural Vale do Iguaçu de Dois Vizinhos. A partir deste, outros novos projetos estão sendo construídos, integrando a lógica de sequestro de carbono à rastreabilidade de produtos carbono neutro, como soja, carne, leite, aves, etc.

Reportar erro