PESQUISA

Publicado 2/13/2020, 11:06:38 AM, última modificação 2/13/2020, 11:07:05 AM
Oportunidade de pesquisa em projetos de iniciação tecnológica e científica para alunos de Engenharia de Computação e Eletrônica nas áreas de IoT e Processamento Paralelo e Distribuído

 

Projeto e implementação tolerante a falhas em MPI de algoritmos de ordenação paralelos baseados no hipercubo (1 vaga - PIBIC - Voluntário)

Resumo curto: O MPI (Message-Passing Interface) é o padrão de facto para o desenvolvimento de aplicações paralelas e distribuídas. Implementações MPI dos algoritmos de ordenação paralelos baseados na topologia do hipercubo geralmente não apresentam a capacidade de tolerar falhas. Este projeto de pesquisa tem por objetivo projetar e implementar em MPI algoritmos de ordenação paralelos baseados no hipercubo que sejam tolerantes a falhas. Os algoritmos Quickmerge, Bitonic Mergesort, Parallel Mergesort serão estudados. A implementação deve suportar a falha de processos em tempo de execução sem prejudicar a execução do algoritmo. Para lidar com as falhas no ambiente MPI, será utilizada a mais recente especificação de tolerância a falhas, a User Level Failure Mitigation (ULFM) proposta pelo MPI-Fórum. A ULFM oferece um conjunto mínimo de interfaces para recuperar a capacidade do MPI de continuar transportando suas mensagens após uma falha. No entanto, a responsabilidade de elaborar a estratégia de tolerância a falhas a ser utilizada é do desenvolvedor da aplicação. Entre os resultados esperados estão desenvolver a primeira implementação MPI dos algoritmos Quickmerge, Bitonic Merge e Parallel Mergesort que suportem falhas de processos e a formação de recusos humanos através da orientação de alunos.

Este projeto vem sendo desenvolvido há dois anos no câmpus. Os alunos envolvidos desenvolveram trabalhos que foram publicados em importantes conferências da área de computação.

Conhecimentos: programação em C, C++, desenvolvimento de sistemas e processamento distribuído e paralelo.

Desenvolvimento de um sistema de monitoramento de qualidade do ar e odor através de uma rede de longo alcance e baixa potência (LoRaWAN) (2 vagas - PIBIT) - Voluntário

Resumo curto: O conceito de Cidades Inteligentes pode incluir o monitoramento da qualidade do ar, alguns odores e condições de metoeorolgia. Serão monitorados 3 ou 4 pontos a serem selecionados, sendo que um deles haverá monitoramento de diversos parâmetros de qualidade do ar e odor, como amônia, por exemplo.

O sistema será desenvolvido com dispositivos eletrônicos que contam com sensores especializados que coletam dados do ambiente e os transmitem para a Internet através da rede LoRaWAN presente no município.

Conhecimentos: programação em C, C++, Arduino, desenvolvimento de sistemas, redes de computadores, Internet das Coisas e sistemas em nuvem.

Requisitos

Os alunos interessados deverção dedicar 20 horas semanais ao projeto (a combinar com o professor). Interessados deverão enviar email com o titulo "pibic ou pibit", de acordo com o interesse, para edson@utfpr.edu.br com os seguintes dados:
  • Nome
  • Curso
  • Semestre do curso
  • RA
O processo de seleção será pelo coeficiente de rendimento e entrevista. Início imediato.

Observação: O acadêmico estudará os conhecimentos necessários para desenvolver o seu trabalho com o auxilio dos professores e alunos do grupo de pesquisa. Alunos também podem desenvolver o seu TCC na área.