Metodologia

Publicado 6/13/2023, 8:22:29 PM, última modificação 10/2/2023, 4:25:25 PM

A UTFPR passa a contar em 2012 com duas Comissões de Avaliação Permanente do Docente pelo Discente, sendo cada uma composta por dois representantes da PROGRAD, um representante de cada Câmpus da UTFPR e um representante da DIRGTI (Diretoria de Gestão de Tecnologia da Informação).

a) Comissão de aplicação - Aplicação do processo avaliativo – Os trabalhos desta comissão tem início nos primeiros dias do semestre letivo e terminando no último dia do período de avaliação. Esta comissão, durante o período avaliativo, acompanha diariamente os índices de participação dos discentes nas avaliações por docente, por turma e por curso, detectando os motivos causadores de baixos índices de participação e interagindo para reverter o processo em tempo, desenvolvendo ações de melhora desses índices, quando abaixo do mínimo esperado,

b) Comissão Pedagógica - Os trabalhos desta comissão tem início nos primeiros dias após o término do período avaliativo estendendo-se ao longo do semestre letivo. Esta comissão, em conjunto com os Coordenadores dos Cursos e/ou a pedido dos mesmos, após a análise dos resultados do processo avaliativo, apresenta a devolutiva desses resultados e propõe ações/atividades que visem reparar os pontos frágeis, aprimorar a prática docente e auxiliar o corpo docente a entender o processo avaliativo como um mecanismo de auxílio da sua prática pedagógica.

Alguns Câmpus da UTFPR dispõem de uma Comissão de Avaliação formada por docentes e técnicos administrativos representando seus Departamentos Acadêmicos / Coordenações de Cursos, designada por portaria da Direção do Câmpus. A Comissão tem por missão a sensibilização, aplicação, acompanhamento e melhoria do processo.

Esta avaliação é desenvolvida em duas fases bem distintas, sendo a primeira, a fase de aplicação e aperfeiçoamento do processo, e a segunda, a fase de acompanhamento pedagógico.

A primeira fase tem início com a sensibilização dos Coordenadores dos Cursos e dos Chefes dos Departamentos Acadêmicos em reunião com a Diretoria de Graduação e Educação Profissional visando à participação do discente.

A sensibilização também conta com a divulgação na página eletrônica da UTFPR.

A segunda fase tem início após a finalização do processo de avaliação, contando com apoio do Departamento de Educação (DEPED) no assessoramento aos Chefes de Departamento Acadêmico e Coordenadores de Curso no acompanhamento pedagógico aos docentes.

Utiliza-se da metodologia de participação, cujos dados colhidos são tratados quantitativamente como um estudo de caso. O instrumento usado é um questionário respondido por alunos matriculados nos cursos regulares dos Câmpus da UTFPR.

A análise dos resultados tem mostrado que a avaliação ainda se mantém dentro dos moldes tradicionais de ensino e em ascendência, mesmo que ainda, alguns cursos apresentem baixos índices de participação.