Página Inicial
/
Comunicação
/
Arquivos de Notícias
/
Reitoria
/
2012
/
UTFPR mantém conceito 4 no IGC do MEC

UTFPR mantém conceito 4 no IGC do MEC

Publicado 10/24/2017, 9:42:36 AM, última modificação 8/7/2019, 2:33:13 PM

Foi divulgado, na última semana, o Índice Geral de Cursos (IGC) das Instituições de Educação Superior (IES) relativo ao ano de 2011. A UTFPR manteve o conceito 4 (de uma nota que vai de 0 a 5) e subiu a classificação da 89ª posição, em 2010, para a 41ª, em 2011, dentre todas as instituições avaliadas com conceito 4. Se considerarmos apenas as universidades públicas federais (com conceito 4), a Universidade Tecnológica fica na 14ª posição (antes era a 31ª). No conjunto geral das universidades públicas e privadas, no Paraná, a UTFPR fica com a  3ª colocação e com a 12ª do Sul do País.

Segundo o ministro da Educação Aloizio Mercadante, houve evolução na qualidade da educação superior brasileira nos últimos anos. Em 2011 foram avaliados 8.665 cursos das áreas de ciências exatas, licenciaturas e áreas afins, além de cursos dos eixos tecnológicos de controle e processos industriais, informação e comunicação, infraestrutura e produção industrial de 1.387 Instituições de Educação Superior (IES). A UTFPR teve 48 cursos avaliados.

Os indicadores de qualidade do ensino superior são  o Índice Geral de Cursos (IGC), o Conceito Preliminar de Curso (CPC) eu o Conceito do ENADE. O cálculo do IGC inclui a média ponderada dos conceitos preliminares de curso e os conceitos da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), que avaliam os programas de pós-graduação das instituições.

Enquanto o Índice Geral de Cursos  da Instituição (IGC) é um indicador que avalia as IES e é resultado da média ponderada dos Conceitos Preliminares de Curso (CPC) da Graduação e do conceito da Capes aplicado aos programas de Pós-graduação, o CPC avalia o rendimento dos alunos, infraestrutura, organização didático-pedagógica e corpo docente. Na nota do CPC, o desempenho dos estudantes conta 55% do total, enquanto a infraestrutura e organização didático-pedagógica representam 15% da nota e o corpo docente, 30%. Na nota dos docentes, a quantidade de doutores pesa 15% do total, já dedicação integral e mestres representam 7,5% da nota.

O IGC 2011 avaliou 2.136 universidades, faculdades e centros universitários.

INDICADORES DE QUALIDADE  DO ENSINO SUPERIOR UTFPR em 2012

Número de Cursos participantes do Enade 2011 = 48

Distribuição de cursos por Câmpus e conceito no ENADE

Campus

Nº Cursos

Conceito no Enade

 

5

4

3

2

1

SC

Apucarana

01

01

-

-

-

-

-

Campo Mourão

03

-

02

 

 

 

01

Cornélio Procópio

06

-

04

-

01

01

-

Curitiba

09

03

02

04

-

-

-

Francisco Beltrão

01

-

01

-

-

-

-

Londrina

01

01

-

-

-

-

-

Medianeira

04

-

-

04

--

-

-

Pato Branco

11

03

02

05

01

-

-

Ponta Grossa

11

04

03

04

-

-

-

Toledo

01

01

-

-

-

-

-

TOTAIS

48

13

14

17

2

1

1

%

 

27,1

29,2

35,4

4,2

2,1

2,1

         

Distribuição de cursos  por Câmpus e  CPC

Campus

Nº Cursos

CPC

 

5

4

3

2

1

SC

Apucarana

01

01

-

-

-

-

-

Campo Mourão

03

-

02

 

 

 

01

Cornélio Procópio

06

-

-

03

-

-

03

Curitiba

09

03

03

01

-

-

02

Francisco Beltrão

01

-

01

-

-

-

-

Londrina

01

01

-

-

-

-

-

Medianeira

04

-

01

03

--

-

-

Pato Branco

11

02

02

04

-

--

03

Ponta Grossa

11

02

04

03

-

-

02

Toledo

01

01

-

-

-

-

-

TOTAIS

48

10

13

14

0

0

11

%

 

20,1

27,1

29,2

0

0

22,9

         

Atualizado em 14/12/2012