Home
/
Documentos
/
Ementário
/
Disciplinas Básicas
/
CABS012 - Filosofias da Ciência e da Tecnologia

CABS012 - Filosofias da Ciência e da Tecnologia

Publicado 10/24/2022, 7:35:34 PM, última modificação 5/6/2024, 4:54:49 PM

Carga horária: 60 horas-aula (4 créditos)

Ementa: A disciplina foi concebida sob a perspectiva de que há não apenas uma, mas, sim, diversas filosofias da ciência e da tecnologia. Isso reflete diferenças importantes não apenas quanto aos padrões metodológicos, mas também quanto à lista dos problemas dos quais deve ocupar-se uma reflexão filosófica sobre a ciência e/ou a tecnologia. Na escolha das filosofias presentes neste programa, privilegiou-se aquelas que estivessem, ao mesmo tempo, amplamente disseminadas entre o público não especializado e houvessem tomado parte em debates relevantes com suas congêneres. Desse último aspecto, destacaram-se três debates entre os mais relevantes nos últimos dois séculos: (i) racionalidade e progresso científicos, (ii) a autonomia da tecnologia e as relações entre as práticas científicas e (iii) o entorno social, cultural, comportamental e econômico da ciência e da tecnologia.

Bibliografia:

BACHELARD, G. Filosofia do não. Filosofia do novo espírito científico. Os Pensadores. Tradução de Joaquim José Moura Ramos. São Paulo: Abril Cultural, 1984.

____________. A formação do espírito científico: contribuição para uma psicanálise do conhecimento. Rio de Janeiro: Contraponto, 1996.

BENSAUDE-VINCENT, B. LesVertiges de latechnoscience. Façonnerle monde atome par atome. Éditions La Découverte: Paris, 2009

BUNGE, M. Tecnologia e filosofia In: ________ Epistemologia: curso de atualização. Tradução por Claudio Navarra. São Paulo : T. A. Queiroz, EDUSP, 1980. cap. 13, p. 185-220

FEENBERG, A. Entre a razão e a experiência: ensaios sobre a tecnologia e a modernidade (Ed. Brasileira). Trad. E. Beira, C. Cruz e R. Neder. S.l.: IndependentlyPublished, 2019.

____________. Tecnossistema: a vida social da razão. Trad. E. Beira e C. Cruz. S.l.: IndependentlyPublished, 2019.

FEYERABEND, P. Contra o Método. São Paulo: Editora da UNESP, 2011.

FLECK, L. Gênese e Desenvolvimento de um Fato Científico. Belo Horizonte: Fabrefactum, 2010.

HAHN, H.; NEURATH, O. CARNAP, R. A concepção científica do mundo o círculo de Viena Cadernos de História e Filosofia da Ciência (CLE-UNICAMP), 10, 1986, p. 5-20. [Disponível em https://www.cle.unicamp.br/eprints/index.php/cadernos/article/view/1220/1011]

HEIDEGGER, M. A questão da técnica . Cadernos de tradução, n. 2, Departamento de Filosofia-USP, 1997 [1954].

JONAS, H. O princípio responsabilidade: ensaio de uma ética para a civilização tecnológica. Trad. Marijane Lisboa, Luiz Barros Montez. Rio de Janeiro: Contraponto; Ed. PUCRio, 2006.

KUHN, T. A Estrutura das Revoluções Científicas. 8. ed. São Paulo: Perspectiva, 2003.

________. O Caminho desde a Estrutura. São Paulo: Editora da UNESP, 2006.

POPPER, K. A Lógica da Investigação Científica. São Paulo: Abril Cultural, 1980 (Col. Os Pensadores).

SIMONDON, G. Du mode d existencedesobjetstechniques. Paris: Aubier, 1958.