O Programa

O Programa

Publicado 2/2/2017, 9:53:31 AM, última modificação 1/5/2024, 7:05:32 PM
Objetivos, missão, visão, valores, área de concentração, linhas de pesquisa e áreas de atuação do corpo docente

Objetivos do PPGCTA  

São objetivos centrais do Programa de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia Ambiental (PPGCTA) produzir e disseminar conhecimento na área das Ciências Ambientais por meio da capacitação de recursos humanos (mestres e doutores) e do desenvolvimento de projetos de pesquisa. Deste modo, constituem-se objetivos específicos do Programa:

Compreender, analisar criticamente e propor soluções para problemas ambientais evidenciados na sociedade, de modo reflexivo e interdisciplinar;
Qualificar profissionais de maneira multidisciplinar nas áreas de atuação do Programa, com o desenvolvimento de atividades científicas e tecnológicas no campo da Ciência e da Tecnologia Ambiental;
Promover a interação da academia com o setor produtivo e a comunidade, favorecendo a percepção da necessidade de projetos inovativos e ambientalmente corretos;
Oportunizar o desenvolvimento de projetos aplicados ao desenvolvimento sustentável, ao controle ambiental e à minimização de resíduos;
Possibilitar aos egressos do PPGCTA e à comunidade externa o acesso a uma formação inter e multidisciplinar próxima à sua região de atuação.

Missão

Atender a necessidade da formação continuada de mestres, contribuindo para consolidação do programa como referência na capacitação interdisciplinar de formação de recursos humanos em nível de excelência e para formação de profissionais doutores qualificados para resolução de problemas complexos multidisciplinares, focando no desenvolvimento de conhecimento científico, tecnológico e inovador com elevada contribuição social e sustentável na área de Ciências Ambientais.

Visão

Consolidar-se como um Programa de Pós-Graduação de referência na formação de recursos humanos na área da Ciência e Tecnologia Ambiental em nível nacional.

Valores

Formação de recursos humanos, intrinsecamente relacionado ao valor da geração de produtos e processos ambientais. Direcionar esforços e infraestrutura para formação de pesquisadores criativos e comprometidos com a produção científica qualificada. O valor em termos de recursos humanos refere-se à formação de profissionais competentes em desenvolver ciência e tecnologia de forma inter e multidisciplinar, com perfil de autonomia e liderança, habilidades para trabalho em equipe e potencial para nucleação, com capacidade para proposição de hipóteses falseáveis por método e critério científico. Como resultado da formação deste egresso, está a geração de produtos, produções intelectuais e processos ambientais que causem impacto a fim de promover superação das desigualdades regionais e nacionais, por meio da inclusão social e da qualificação profissional.

Área de Concentração: Tecnologias e Processos Ambientais

Com área de concentração em Tecnologias e Processos Ambientais, destina-se à capacitação de docentes e desenvolver novos pesquisadores para atuarem em ciências e processos ambientais, de forma interdisciplinar, nos temas de gestão de bacias, sistema integrado de gestão, controle e tratamento de águas e efluentes e energias renováveis, através das suas linhas de pesquisa, dos projetos e das disciplinas oferecidas.

 Linhas de Pesquisa

Monitoramento e Gestão Ambiental

A linha de Monitoramento e Gestão Ambiental, tem como foco a compreensão e monitoramento das dinâmicas ambientais e gestão dos impactos das atividades humanas na estrutura e funcionamento de ambientes aquáticos e terrestres. Contempla uma série de projetos de pesquisas que focam tanto na produção de conhecimento, como na sua aplicação enquanto subsídio para políticas públicas e tomada de decisão. Os projetos estruturantes dessa linha são, “Avaliação ambiental através de indicadores físicos, químicos, biológicos, ecotoxicológicos e das dimensões de sustentabilidade” e “Gestão integrada de resíduos e meio ambiente”. Essa linha conta com seis docentes permanentes e dois docentes colaboradores.

Processos Químicos e Biotecnológicos de Tratamento e Valorização de Resíduos

A linha de Processos Químicos e Biotecnológicos de Tratamento e Valorização de Resíduos tem como foco desenvolver e otimizar processos químicos e biotecnológicos voltados ao tratamento e valorização de resíduos. Essa linha contempla pesquisas sobre caracterização e desenvolvimento de processos tecnológicos e biotecnológicos, aplicação de processos oxidativos avançados e enzimáticos para tratamento de poluentes diversos, valorização de resíduos de origem industrial pela aplicação de bioprocessos para produção de biomoléculas, e biossorção de contaminantes e compostos bioativos. Assim como nas demais linhas de pesquisa, visa a produção de conhecimento e tecnologias para a melhoria da qualidade socioambiental. Os projetos estruturantes são, “Estratégias para remoção de diferentes contaminantes por biodegradação enzimática, processos oxidativos avançados e biossorção” e “Produção de biomoléculas e desenvolvimento de bioprocessos industriais. Nesta linha estão associados 4 docentes permanentes e um docente colaborador.

Tratamentos de Águas de Abastecimento e Residuárias

A linha de Tratamento de Águas de Abastecimento e Residuárias, tem como foco integrar as ações relacionadas ao tratamento de água para abastecimento e águas residuárias industriais e domésticas. As pesquisas contempladas nessa linha focam na aplicação de diferentes processos de tratamento convencionais e avançados para a melhoria da qualidade das águas para consumo humano, bem como o tratamento com enfoque setorial e com fins de reuso de resíduos líquidos domésticos e industriais, visando garantir a adequação aos parâmetros legais de disposição para a manutenção do equilíbrio ambiental e a qualidade de vida das populações. Os projetos estruturantes dessa linha são, “Processos convencionais e avançados de tratamento de água para consumo” e; “Tecnologias para tratamento de esgotos sanitários e industriais”. Estão associados a essa linha de pesquisa quatro docentes permanentes e dois colaboradores.

No seu conjunto, as três linhas de pesquisa buscam, ao mesmo tempo, gerar novos conhecimentos e tecnologias ambientais, e ensejar sua aplicação na gestão ambiental pública e privada, subsidiando políticas e processos, em constante diálogo com o desenvolvimento científico e tecnológico das áreas de conhecimento que compõem as ciências ambientais e, com as demandas da sociedade por tecnologias, processos e políticas. Articulam assim, conhecimentos das áreas tecnológicas e das sociais aplicadas. 

Áreas de Atuação do Corpo Docente 

  • Ecotoxicologia; uso de bioensaios no monitoramento de poluentes após tratamento por processos avançados                                                      
  • Aproveitamento de Resíduos agroindustriais.
  • Tratamento de efluentes industriais.
  • Gestão ambiental; Gestão de resíduos sólidos.
  • Avaliação e Indicadores de Sustentabilidade
  • Tratamento de esgotos sanitários.
  • Microbiologia ambiental.
  • Biotecnologia ambiental.
  • Avaliação de bacias hidrográficas.
  • Cromatografia Liquida Aplicada; Desenvolvimento de métodos cromatográficos para análises em matrizes ambientais.
  • Tratamento de águas de abastecimento.
  • Tratamento de esgotos, efluentes industriais e águas de abastecimento por processos avançados; Monitoramento de micropoluentes orgânicos por cromatografia.
  • Análise espacial de dados ambientais.
  • Avaliação, estrutura e manejo de ambientes aquáticos; Ecologia de comunidades (Limnologia).