Home
/
Notícias
/
Campo Mourão
/
Aniversário da UTFPR-CM

Aniversário da UTFPR-CM

Publicado 4/9/2020, 10:33:27 AM, última modificação 4/9/2020, 11:11:25 AM
UTFPR completa 25 anos em Campo Mourão no dia 10 de abril de 2020

No dia 10 de abril de 1995 começavam as atividades letivas para 240 alunos distribuídos em seis turmas nos cursos Técnico em Alimentos e Técnico em Edificações no Cefet-PR, Unidade de Campo Mourão.

No entanto, a história do nosso atual Câmpus Campo Mourão da UTFPR teve início um pouco antes: no dia 08 de junho de 1993. Nessa data, foi assinado o protocolo de intenções entre o Ministério da Educação (MEC), a Prefeitura de Campo Mourão, representada pelo prefeito Rubens Bueno na época, e o Cefet-PR. Com esse protocolo assinado, a prefeitura doou um terreno ao Cefet, onde se localizava o ginásio de esportes Belin Carolo. No dia 13 de maio de 1994, através da Portaria/ MEC nº 710, foi autorizado o funcionamento da unidade de Campo Mourão do Cefet-PR. Com a implantação da instituição, os espaços do ginásio foram transformados em salas de aula, laboratórios e ambientes administrativos.

Em setembro de 1994 foi formada uma turma do curso pró-técnico com objetivo de preparar os candidatos para o 1º exame de seleção, que foi realizado em março de 1995, admitindo os primeiros alunos da instituição. No início das atividades em Campo Mourão, além da estrutura precária, a instituição teve dificuldades em relação ao quadro de pessoal e precisou contar com o apoio da prefeitura do município que cedeu servidores para que as atividades docentes e administrativas pudessem ser desenvolvidas. Em 2005, o Cefet-PR foi transformado em UTFPR e Campo Mourão tornou-se um dos câmpus da Universidade Tecnológica Federal do Paraná.

 As dificuldades iniciais e os desafios ao longo dos anos não impediram a UTFPR-CM de firmar-se como instituição de excelência e contribuir de forma significativa para o desenvolvimento de Campo Mourão e região. Hoje, o Câmpus Campo Mourão conta com mais de três mil alunos, oriundos de diversas regiões do Brasil,  nos seus oito cursos de graduação: Ciência da Computação, Engenharia Ambiental, Engenharia Civil, Engenharia de Alimentos, Engenharia Eletrônica, Engenharia Química, Licenciatura em Química e Tecnologia em Alimentos, além dos programas de pós-graduação (mestrado) nas áreas de Alimentos, Ensino de Física, Recursos Hídricos (ProfÁgua), Inovações Tecnológicas e Informática,  e o curso Técnico Integrado em Informática (nível médio).

Para o atual diretor-geral, professor Heron Oliveira dos Santos Lima, esta é uma data muito importante não só para UTFPR – Câmpus Campo Mourão, mas, para a toda região. Uma instituição que começou com tantas incertezas, agora se mostra pujante e cada vez mais sólida. “Somos protagonistas no desenvolvimento social, econômico, científico e tecnológico, através de inúmeros projetos ao setor produtivo, mas, sobretudo, demandas de cunho social. Somos referência no ensino público, gratuito e de qualidade, atento às transformações do mundo e a permanente formação cidadã. Temos orgulho de dizer que por aqui já passaram dezenas de alunos e pesquisadores, que hoje ocupam cargos importantes em grandes e renomadas empresas do Brasil e do Exterior. Se não bastasse tudo isso, estamos entre as principais receitas e ativos financeiros da Região, contribuindo diretamente na geração de empregos e renda, fomentando o comércio e os prestadores de serviços, mas, sobretudo, oportunizando as novas gerações à uma participação plena na vida social, política, cultural e profissional na sociedade”, salienta o professor Heron.

A ex-aluna e ex-servidora da UTFPR-CM, Angela Kwiatkowski, foi uma das primeiras alunas da instituição e relembra com saudades seu tempo de Cefet-PR e depois UTFPR. Ela conta que fez o exame de seleção para o curso técnico utilizando pranchetas na arquibancada do Ginásio Belin Carolo, em 1994. Angela ingressou na primeira turma do curso Técnico em Alimentos, na sequência fez o curso de graduação em Tecnologia em Alimentos também na instituição. Posteriormente, retornou como servidora do Câmpus, na função de técnica de laboratório. Saiu da UTFPR e 2013 para atuar como professora da área de Alimentos no IFMS (Instituto Federal do Mato Grosso do Sul). Atualmente ocupa o cargo de Diretora-Geral do Campus Coxim no IFMS.

Reportar erro