Home
/
Notícias
/
Curitiba
/
Parque Científico e Tecnológico da UTFPR-CT está com quatro empresas residentes

Parque Científico e Tecnológico da UTFPR-CT está com quatro empresas residentes

Publicado 5/9/2024, 2:27:29 PM, última modificação 5/9/2024, 2:32:21 PM
PCT-CT começou a funcionar em agosto de 2023

O Parque Científico e Tecnológico da Universidade Tecnológica Federal do Paraná campus Curitiba (PCT-CT) já conta com quatro empresas residentes. O ambiente foi lançado em 8 de agosto de 2023 para estimular a colaboração e a interação entre a academia e o setor empresarial, contribuindo com o desenvolvimento de ciência, de tecnologia e de inovação em Curitiba e região.

Ainda em 2023, o PCT-CT virou residência da Ambflex. Na sequência, outras três empresas fecharam parceria com o parque: Hidreo, Dijkstra e Beenoculus. Além delas, a partir da SprinT-CT, incubadora da UTFPR-CT, o PCT-CT ainda incuba quatro empresas: Immer Messen, CAPFUT, Tetris Modular e Rewave. Uma empresa incubada não está apta para atuar no mercado de forma completa, uma residente, sim. “Os níveis de maturidade dos negócios são diferentes, uma empresa incubada pode se tornar residente”, explica o coordenador geral da Sprint-CT, Giuseppe Pintaude.

Empresas Residentes

A Beenoculus é pioneira no Brasil em soluções de Realidade Estendida (XR) para educação. A empresa oferece uma plataforma que inclui conteúdo educacional imersivo em realidade virtual, metodologias ativas de ensino e análise de dados para personalização. “A Beenoculus está comprometida em democratizar o acesso à tecnologias exponenciais para transformar a educação”, explica José Terrabuio Júnior, diretor de inovação da Beenoculus. “A mudança para o PCT-CT é por acreditarmos no ambiente multidisciplinar e tecnológico que pode e deve ajudar de forma exponencial nossa evolução e na transformação do ambiente educacional no Brasil e no mundo”, completa.

A Dijkstra é uma empresa focada em inovação da logística industrial. Atua na automação de fluxos logísticos fabris internos e externos, através da utilização de veículos móveis automáticos capazes de deslocar cargas, de uma a dez toneladas, de forma autônoma. “Acreditamos fortemente na necessidade de integrar cada vez mais os talentos da academia com as necessidades das empresas e indústrias paranaenses e a nossa participação no PCT é a materialização desta visão. Somos gratos por esta grande oportunidade e esperamos fomentar cada vez mais o desenvolvimento de tecnologias brasileiras de ponta, estreitando os laços com a UTFPR, universidade da qual os fundadores são orgulhosamente egressos”, explicam Fernando Padilha Ferreira, Héllenn Héster e Rafael Goes Turchenski, integrantes da empresa. 

A Hidreo® Energy Solutions é uma startup brasileira focada no desenvolvimento de soluções para microgeração de energia a partir de fontes renováveis. Hoje, é conhecida pelo seu principal produto: as Micro Centrais Hidrelétricas, equipamentos de pequeno porte (menores do que um frigobar) capazes de gerar energia suficiente para uma ou 100 casas, a partir de pequenos pontos de disponibilidade hídrica. “A Hidreo®, então METHA Soluções, nasceu em 2013 no hotel tecnológico da UTFPR. Foi fundada por três engenheiros mecânicos formados na UTFPR. Depois de alguns anos incubados e acelerados em outros programas do ecossistema, foi uma grande honra poder ‘voltar para casa’, agora no Parque Tecnológico. A grande estrutura física do Parque nos deu a possibilidade de aumentar nosso espaço fabril, aumentando nossa capacidade de produção e possibilitando o aumento do nosso portfólio com a criação de novos produtos”, revela Felipe Wotecoski, fundador e atual CEO da empresa.

Parque Científico e Tecnológico

O Parque Científico e Tecnológico está localizado na sede Neoville, na Cidade Industrial de Curitiba, coração produtivo da capital. O espaço tem um potencial de construção de até 150 mil m². Empresas selecionadas poderão se hospedar no PCT-CT por até 20 anos, em um ambiente dinâmico para o desenvolvimento conjunto de inovações.

A missão do espaço é promover a construção de ambientes especializados e cooperativos, voltados para ciência, inovação e tecnologias sustentáveis, por meio de atividades de ensino, pesquisa e extensão focadas na geração de produtos, processos, serviços, transferência e difusão de tecnologia. É um ambiente de relação entre a academia, o setor produtivo e a comunidade, desenvolvendo relações empresariais, atividades de inovação, de empreendedorismo e de extensão universitária.

O ecossistema participa de vários eventos de ciência e tecnologia, reuniões sobre inovação e desenvolvimento socioeconômico, visitas de organizações e coordenadorias com impacto produtivo a nível, local, regional, estadual e nacional. “Em resumo, o PCT-CT não parou de crescer desde sua criação, e a ideia é que não paremos mesmo. Nosso trabalho voltado à inovação, ao integrar empresas com o ambiente acadêmico, tem a expectativa de trazer grandes mudanças ao desenvolvimento de Curitiba e região, e isso aqui é só o começo!”, revela a bolsista do Parque, Laura Moromizato Zaninello.