Home
/
Notícias
/
Curitiba
/
QueijoCast de Setembro fala sobre o Parque Científico e Tecnológico

QueijoCast de Setembro fala sobre o Parque Científico e Tecnológico

Publicado 9/14/2023, 4:36:56 PM, última modificação 9/14/2023, 4:40:10 PM
Espaço vai conectar empresas e a universidade

O diretor do PCT-CT, Ricardo Fernandes, é o entrevistado do mês (Foto: Matheus Costa/ASCOM-CT).

O QueijoCast de setembro aborda em detalhes o Parque Científico e Tecnológico do campus Curitiba da UTFPR (PCT-CT), inaugurado em agosto de 2023. O espaço foi criado para estimular a integração e colaboração entre a universidade e as empresas, contribuindo com o desenvolvimento científico, tecnológico e com a inovação na região da capital paranaense. 

O entrevistado do programa é o professor Ricardo Fernandes, diretor do parque que está em funcionamento na sede Neoville, localizada na Cidade Industrial de Curitiba, coração produtivo da capital. O local conta com potencial construtivo de cerca de 150 mil m², coworking e maquinário para desenvolvimento de protótipos. As empresas selecionadas podem se hospedar por até 20 anos. 

O PCT-CT vai atuar na relação entre a universidade, pesquisas e criação de produtos e serviços para o mercado. “No Brasil existem muito mais parques tecnológicos do que parques científicos e tecnológicos. A diferença é que o científico e tecnológico busca levar o conhecimento de bancada para o mercado. Ou seja, tem todo o processo da pesquisa básica acontecendo até a pesquisa aplicada para efetivamente ter o desenvolvimento, a inovação e colocar no mercado”, explica o diretor.

O Parque Científico e Tecnológico funciona com edital de fluxo contínuo. “As empresas submetem a documentação e a gente avalia se tem condições ou não de habitar o Parque. A empresa precisa cumprir os requisitos do edital, assinar uma Aliança Estratégica e um Acordo de Cooperação com a Universidade”, detalha Ricardo.

Clique aqui para ouvir o episódio.