Ensino

Publicado 3/17/2020, 8:58:55 AM, última modificação 1/11/2023, 4:01:48 PM
Acadêmicos da UTFPR-DV visitam propriedades que possuem ordenha robotizada em Teutônia

as

Entre os dias 11 e 14 de março, acadêmicos da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) – câmpus de Dois Vizinhos, no sudoeste do Paraná – visitaram instituições e propriedades que atuam na produção de leite no estado do Rio Grande do Sul.

No dia 11 de março, o grupo visitou a Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI) câmpus de Frederico Westphalen e também a propriedade do Jardel Cancin Egreso do Curso Superior de Tecnologia em Agropecuária. O professor Sandro José Paixão esteve acompanhando o grupo.

No dia 12 de março, o grupo visitou a fazenda Brackmann, em Linha Clara – interior de Teutônia. Acompanhados pelo diretor da Milkparts Lely Center, Valdair Kliks, o grupo conheceu o sistema de ordenha robotizada implantado recentemente na propriedade rural da família Brackmann, sendo recebidos por Élio, Moacir e Deisi Brackmann. Além da ordenha robotizada, a propriedade é uma das selecionadas que entrega o Leite Origem da Languiru, envasado em até 24h após a ordenha.

É de consenso entre o grupo que a visita e a vivência das situações de campo são fundamentais aos profissionais em formação das Ciências Agrárias e da àrea de Tecnologia. Os estudantes compõem um grupo do Programa de Educação Tutorial (PET), com foco na Pecuária Leiteira. Atualmente conta com a colaboração de 11 alunos de graduação dos cursos de Agronomia, Zootecnia, Engenharia Florestal e Engenharia de Bioprocessos e Biotecnologia.

O grupo é liderado pelo zootecnista professor doutor Fernando Kuss, que exerce papel de tutor. Fernando é egresso do Colégio Teutônia – do curso Técnico em Agropecuária, em meados da década de 1990. “Estas visitas são atividades anuais do grupo, que busca conhecer, por meio de visitas, propriedades destaque no âmbito tecnológico, organizacional e que, acima disso, entreguem ao mercado, produtos com qualidade e procedência no setor da Bovinocultura de Leite”, explica Kuss