Home
/
Notícias
/
Últimas notícias
/
Aplicativo de alertas para banhistas é desenvolvido no Câmpus Curitiba

Aplicativo de alertas para banhistas é desenvolvido no Câmpus Curitiba

Publicado 7/5/2017, 12:17:02 PM, última modificação 7/5/2017, 12:17:08 PM

Com o objetivo de informar a localização de postos guarda-vidas do Litoral aos banhistas, além de telefones de emergência e alertas sobre as condições do mar, foi desenvolvido no Câmpus Curitiba o aplicativo “Bombeiros Paraná”. O trabalho, elaborado no Laboratório de Programas de Tecnologia da Informação da UTFPR (LapTI), contou com a parceria do Corpo de Bombeiros do Paraná (CB-PR).

A necessidade de um aplicativo para esses fins partiu do CB-PR, que procurou a Universidade em busca de uma solução que melhorasse a eficiência do atendimento da instituição nas praias durante o verão. O projeto é de autoria dos professores Leandro Almeida e Christian Mendes, com colaboração de quatro estagiários dos cursos de Bacharelado em Sistemas de Informação Engenharia da Computação.

Utilizando dados do Instituto Ambiental do Paraná (IAP), Simepar e Defesa Civil do Paraná, o aplicativo oferece informações meteorológicas das regiões de Antonina e do Litoral do Paraná e pode ser baixado gratuitamente através da PlayStore por usuários Android. A perspectiva é de que seja aperfeiçoado para mapear todas as regiões do Estado, disponibilizando informações durante o ano inteiro.

O contato entre a UTFPR e o CB-PR mostra o papel importante que a Universidade exerce no que diz respeito a projetos que podem beneficiar a comunidade. “Como somos uma instituição muito bem vista, e com professores e alunos muito capacitados, podemos beneficiar diversos órgãos e esferas dos governos”, comenta Leandro Almeida.

O LapTI já apresentou propostas de melhorias para a Biblioteca da UTFPR e também para a Secretaria de Educação do Estado do Paraná. Os projetos desenvolvidos pelo Laboratório podem ser encontrados no link: lapti.ct.utfpr.edu.br.

Acesse o site do Google Play para baixar o aplicativo gratuitamente.

Atualizado em 30/01/2017

Acompanhe as notícias da UTFPR no 

twitter

 e no 

facebook

.   

Ações