Página Inicial
/
Notícias
/
Últimas notícias
/
Divulgação Científica
/
Pesquisa desenvolve dispositivo acoplado a caminhão para coleta de leite automatizada

Pesquisa desenvolve dispositivo acoplado a caminhão para coleta de leite automatizada

Publicado 8/9/2021, 10:12:58 AM, última modificação 10/31/2022, 9:46:14 AM
Iniciativa beneficiará os produtores de leite com mais qualidade e segurança na coleta

Imagem: Acervo pessoal

Produtores de leite da região de Medianeira poderão contar com um sistema inovador em suas coletas. Através de uma parceria entre pesquisadores do Campus Medianeira, do Parque Tecnológico de Itaipu (PTI), da Associação Comercial e Empresarial de Matelândia (ACIMA) e da empresa Via Lacteos Transportes, está sendo projetado um sistema para a coleta de leite diretamente nas propriedades, através de uma técnica totalmente automatizada.

Segundo os pesquisadores, o objetivo é aumentar a confiabilidade do processo através da eliminação da possibilidade de erros e de fraudes. “Hoje, o processo é totalmente dependente do motorista do caminhão, que normalmente é funcionário de uma empresa transportadora. Com a automatização, diminuiremos as variáveis de contaminação do produto, pois não será necessário inserir objetos externos no tanque de leite, por exemplo”, explica o coordenador do projeto, Alex Lemes Guedes.

 Além disso, segundo Guedes, a nova técnica diminui probabilidade de adulterações voluntárias ou involuntárias do produto já que a quantificação será automática, evitando erros ou fraudes na anotação da quantidade coletada.

”Os produtores de leite terão uma maior garantia de que seu produto está sendo corretamente manipulado e quantificado. Como a remuneração do produtor é feita baseada em indicadores de qualidade e de quantidade, um maior desempenho nesses pontos significará uma melhor segurança ao produtor”, completa o professor.

Além do professor Alex Guedes, participam das pesquisas na UTFPR, o professor Diogo Marujo, e os bolsistas e voluntários, Matheus Casa Santo Elias, Matheus Ferreira, Henrique Peron, Jailson Narcizo, Nuiquer Oliveira, Bruno Maihach e Anderson de Camargo. As pesquisas são realizadas no Laboratório de Automação e Desenvolvimento (LAD), do departamento de Engenharia Elétrica do Campus.

O projeto foi o primeiro colocado no edital Conectadel - Inovação (Programa Regional para o Desenvolvimento Local e Inovação), promovido pelo Parque Tecnológico de Itaipu, em 2018. A iniciativa foi contemplada com recursos em torno de R$ 270 mil e já está em fase de teste do protótipo do produto.

Quem quiser mais informações do projeto ou entrar em contato com os pesquisadores, pode acessar as páginas do laboratório no Facebook, Instagram ou Youtube, com o nome de LADAutomacao.