Home
/
Notícias
/
Últimas notícias
/
UTFPR assina dois acordos de dupla diplomação com IPB

UTFPR assina dois acordos de dupla diplomação com IPB

Publicado 3/22/2022, 6:35:05 PM, última modificação 10/31/2022, 9:21:29 AM
Assinatura aconteceu durante visita do presidente do Instituto Politécnico de Bragança (IPB) à Universidade

Reitor Marcos Schiefler e presidente do IPB, Orlando Rodrigues, assinam acordos de dupla diplomação (Foto: Decom)

O presidente do Instituto Politécnico de Bragança (IPB/Portugal), Orlando Isidoro Afonso Rodrigues, esteve nesta terça-feira (22) na Reitoria da UTFPR para assinar dois acordos de dupla diplomação. A assinatura dos documentos aconteceu durante uma reunião com membros da gestão da Universidade, na qual foram discutidas ações de cooperação em andamento e possibilidades futuras.

Estiveram presentes na reunião, além do presidente do IPB, o reitor Marcos Schiefler, o pró-reitor de Graduação e Educação Profissional (Prograd), Jean-Marc Stéphane Lafay, a pró-reitora de Pesquisa e Pós-Graduação (PROPPG), Claudia Regina Xavier, o diretor de Relações Interinstitucionais (Dirinter), Paulo Cézar Stadzisz, o coordenador de Relações Interinstitucionais da Dirinter, Igor Cordeiro, a assessora de Programas Internacionais da Prograd, Nastasha da Silva, a representante do Departamento de Relações Interinstitucionais do Campus Curitiba (Derint-CT), Roberta Canto, e a representante do IPB no Brasil, Allana Netto.

Na ocasião, foi assinado um novo acordo de dupla diplomação que envolve o curso de Engenharia Química do Campus Campo Mourão e a Escola Superior Agrária do IPB (ESA/IPB). Também foi assinada uma nova versão do acordo de dupla diplomação que já contava com a participação dos campi Campo Mourão e Medianeira e que agora teve o ingresso do Campus Francisco Beltrão. Esta cooperação abrange os cursos de Engenharia de Alimentos dos três campi e a ESA/IPB.

Durante a reunião, o presidente do IPB afirmou que a parceria que a instituição possui com a UTFPR é exemplar. “Não é fácil encontrar uma parceria tão eficaz como esta”, disse, acrescentando que as duplas diplomações têm sido um sucesso. Para Orlando Rodrigues, agora é preciso estabilizar o que já é feito e, ao mesmo tempo, definir novos projetos, principalmente nas áreas da pesquisa e pós-graduação e na ampliação do recebimento de alunos do IPB pela UTFPR.

História

A história de cooperação entre a UTFPR e o IPB tem início em 2012, quando o instituto português recebeu os primeiros estudantes da Universidade por meio do programa Ciência sem Fronteiras. No ano seguinte, ocorreu a primeira visita de uma comitiva do IPB à UTFPR, com a assinatura de um acordo de mobilidade de estudantes. Já os primeiros acordos de dupla diplomação foram assinados em 2014.

Diversas missões, do IPB para a UTFPR e da UTFPR para o IPB, foram realizadas entre os anos de 2014 e 2020, envolvendo coordenadores de curso e gestores, para que o número de acordos de dupla diplomação se ampliasse. Atualmente, a UTFPR tem cerca de 40 cursos com acordos desse tipo assinados com o IPB.

Em 2020, foi inaugurado o Escritório Satélite do IPB na UTFPR, com a presença do presidente e do vice-presidente do instituto português. Após isso, novas missões foram suspensas por conta da pandemia de Covid-19. Com a vacinação e indicadores mais favoráveis, a previsão é que a UTFPR realize uma missão ao IPB ainda este ano.

Por outro lado, mesmo com a pandemia o intercâmbio de estudantes foi mantido nos programas de dupla diplomação e de mobilidade simples. No momento, encontram-se no IPB 109 alunos de graduação dos 13 campi da UTFPR.

Ao todo, mais de 500 estudantes da UTFPR já participaram do programa de dupla diplomação, obtendo diploma na Universidade (bacharelado em engenharia) e no IPB (mestrado europeu). Todos os trabalhos finais são feitos em regime de coorientação, com um professor de cada instituição. Com isso, foram realizadas mais de 250 publicações conjuntas.

Outra visita

Além de receber o presidente do IPB, hoje a UTFPR também foi visitada pelo professor Vítor Carvalho, da Escola Superior de Tecnologia do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA). A Universidade já é parceira do IPCA, com acordo de dupla diplomação envolvendo o curso de Ciências Contábeis do Campus Pato Branco.