Exposição

Publicado 10/27/2017, 4:54:55 PM, última modificação 11/3/2022, 5:37:25 PM
UTFPR focou a interatividade na exposição dos cursos, serviços e projetos durante a maior feira de tecnologia realizada no Paraná

De 13 a 18 de outubro a UTFPR – Câmpus Pato Branco foi uma das instituições parceiras da Feira de Ciência, Tecnologia e Inovação – INVENTUM, realizada no Município de Pato Branco. O evento atraiu cerca de 110 mil visitantes e se consolidou como o maior evento do setor realizado no Paraná.

Nesta edição a UTFPR - Câmpus Pato Branco contou com um estande de mais de mil metros quadrados, espaço esse que possibilitou expor os cursos ofertados, compartilhar as principais informações relacionadas à Instituição, demonstrar os principais projetos realizados, serviços e programas. Os visitantes tiveram a oportunidade de conhecer e interagir com inúmeras atividades, se configurando em um laboratório aberto em cada área.

Curso Técnico Integrado em Agrimensura

No estande de Agrimensura o público pode conhecer o ATLAS Municipal, desenvolvido em parceria com a Secretaria Municipal de Educação. É um ATLAS multimídia, interativo, disponível no site da UTFPR, direcionado aos estudantes, o qual possibilita por meio de jogos, responder a perguntas sobre a geografia da cidade. Outra atração do estande de Agrimensura foi a exposição da imagem de satélite da área da cidade, adquirida no final de 2106, com a finalidade de subsidiar dados para projetos de TCC e estágio dos alunos, inclusive possibilitar a realização de projetos de planejamento urbano e ambiental pelos alunos. No estande, também foram expostos por meio de banners os resultados dos alunos medalhistas em olimpíadas de nível estadual e nacional, e a exposição da maquete do arquipélago de Fernando de Noronha, concorrente da Olimpíada Brasileira de Cartografia. Além dessas atrações foram levados para demonstração os equipamentos da área de Topografia e Geodésia como Estações Totais e GNSS. O visitante interessado em ingressar no Curso, também encontrou informações para as inscrições ao Exame de Seleção, que transcorrem até dia 03 de novembro.

Curso de Administração

Procurou levar o conceito do curso e quais as possibilidades que o ingressante pode ter e realizar, seja em projetos de extensão, atividades de pesquisa e informações relacionadas à dupla diplomação com Portugal. A atração também foi o mini estúdio de um escritório criado no estande, no intuito de levar o futuro estudante a se sentir o(a) gestor(a) de um ambiente empresarial. O visitante tinha a opção de interagir, simulando a atividade, fazendo o registro fotográfico para memória pessoal.

Curso de Agronomia

Foram levados vários projetos: o Laboratório do Cientista da Terra, que o visitante recebia um jaleco para se caracterizar como um cientista, olhar todas as peças de sicatas (plantas), observar insetos em lupas, podendo ver detalhes como olhos compostos, asas, pernas, a coleção de entomologia de insetos e, de brinde um copinho com plantinha de alpiste, fechando o circuito da visita; o Relógio Biológico, com plantas medicinais, pensado para exemplificar que a cada hora do dia, há determinados chás que podem ser melhor absorvidos pelo organismo e potencializar a eficiência na cura de doenças; outro projeto foi a técnica de plantação em palets descartáveis, sugerido a quem não possui um espaço de terra em casa, indicado para o plantio de temperinhos, frutas, hortaliças ou flores; e a composteira caseira com minhocário. Além desses projetos foi exposta uma coleção de plantas forrajeiras e disponibilizadas amostras de fertilizantes químicos, como fosfato, ureia, NPK e algumas peças como alguns tipos de madeira, de caule e de semestres.

 Curso de Engenharia Civil

Focou na exposição de materiais de construção, maquetes e equipamentos utilizados na área de construção civil para o desenvolvimento de estudos, análises e pesquisas. Por meio de vídeos e banners procurou divulgar as possibilidades que os acadêmicos têm de realizar intercâmbio para estudos em outros países.

Curso de Engenharia Elétrica

O objetivo foi demonstrar as diversas áreas de atuação do curso, expondo protótipos, como por exemplo, na área de geração de energia/conservação de energia, um aerogerador (protótipo eólico cedido pelo PROEM); um sistema de geração autoexcitado, aplicável para pequenas unidades rurais de geração isolada (sistema trifásico). Também foi exibido um protótipo de desafio do labirinto elétrico, desenvolvido pelos alunos ingressantes, bicicleta geradora, e na área de digitais, uma bateria eletrônica. A ideia foi demonstrar como a área digital pode ser aplicada no dia a dia das pessoas, desde uma brincadeira para criança (com a bateria), até a parte do jogo digital. No estande procurou-se representar todas as áreas abordadas no curso e como os alunos estão saindo para o mercado do trabalho, bem como quão aptos estão para esclarecer as dúvidas existentes aos visitantes. Todos os projetos/protótipos basicamente foram desenvolvidos pelos acadêmicos, com a orientação dos professores.

 Curso de Engenharia de Computação e Curso de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas

A dinâmica foi apresentar projetos voltados para a área de automação, que possibilitassem aos visitantes interagir e conhecer como funcionam, a exemplo dos legos, que são basicamente brinquedos automatizados, mas que permitem implementar conceitos de engenharia, como os defensores de cor, distância, luminosidade, etc. E alguns outros, envolvendo software, como o reconhecimento e identificação automática de partes de plantas, flores ou folhas. Outra atração que visou exemplificar o movimento mecânico, foram os carrinhos na pista.

Cursos de Engenharia Mecânica e Tecnologia em Manutenção Industrial

Os cursos levaram para a Feira os principais projetos desenvolvidos, que foram:

Maca para Translado de Pacientes em Procedimentos Clínico-Hospitalares

A sua função é facilitar o translado de pacientes com dificuldade de locomoção e ou remoção em procedimentos clínicos e cirúrgicos ou também, translado de outros objetos em geral na indústria pesada. O equipamento foi projetado por um professor do Departamento Acadêmico de Mecânica, juntamente com acadêmicos. O protótipo está em fase de estudo e, em parceria com entidades de saúde, que atuam em primeiros socorros, estão sendo realizados testes e simulações para implementar adequações.


Recarregador de Tinta para marcadores de quadro branco

O equipamento foi projetado com a função de facilitar a recarga de marcadores de quadro branco e com o objetivo de otimizar a reutilização, gerar economia de tempo e de recursos financeiros, além de ser uma solução sustentável, minimizando o descarte. Na oportunidade, inúmeras instituições de ensino demonstraram interesse no equipamento, tendo em vista a funcionalidade proposta.

UTech Performance

Levou para a exposição o veículo que está sendo montado pelos próprios acadêmicos com o objetivo de competir em arrancadas. O desafio é desenvolver tecnologias visando melhorar a performance. Durante a exposição os acadêmicos prestaram informações referentes a todo o processo.

Pato a Jato

A Pato a Jato exibiu o protótipo movido a etanol em sua totalidade, demonstrando o processo de laminação da fibra de carbono (material utilizado na fabricação do protótipo), assim como as conquistas alcançadas, os colaboradores da equipe e sua história. O protótipo é produzido para ter baixo peso e coeficiente de arrasto, tudo para ajudar na eficiência energética, ou seja, alcançar a maior distância percorrida gastando a menor quantidade de combustível.

Pato Baja

A demonstração do protótipo offroad aconteceu em pista de terra, criada no espaço do estande da UTFPR. O modelo projetado e fabricado possui motor padrão e pode ser pilotado por uma pessoa. O chassi do veículo é fabricado por sua respectiva equipe, porém cada um tem suas peculiaridades. O Pato Baja projeta o power train, a suspensão, a direção, toda a questão de ergonomia pro piloto. Um novo chassi está sendo projetado para a competição do Baja Sul, pois o último já participou de competições dois anos consecutivos, e a equipe precisa colocar o carro para rodar, realizar os testes, validar o projeto com todas as simulações e testes. Os visitantes da feira puderam tirar fotos no chassi, e outros (com CNH), através de sorteio, tiveram a oportunidade de pilotar o carro. 

 Tubarão Branco

A equipe expôs o projeto, procurando demonstrar tanto a parte mecânica quanto na parte elétrica. Na parte elétrica foi exposto o motor e como é feito o controle dele. Na oportunidade, o visitante pode ver como está sendo feito esse controle de auto-eficiência que é usado para participar das competições. O visitante podia ver o motor sendo alimentado por bateria, passando por um sistema de controle e indo para o motor. Foi mostrado como funciona o controle de velocidade. No momento, a equipe está com um protótipo em construção para futuras competições de eficiência energética de carros elétricos.

 Curso de Licenciatura em Letras Português-Inglês

Acadêmicos e professores promoveram um ambiente agradável, com cultura e diversão. Dentre as atividades realizadas, se destacaram: a pintura facial: como prêmio à atividade do 'soletrando', uma pintura facial da escolha do participante; a Árvore do terror: com a temática do 'Halloween', que consistia em começar uma história que, na sequência, era continuada pelos visitantes do stand. No final do dia a história era concluída e postada no grupo CALET, no final do evento. Outros destaques foram: o espaço 'Halloween”, para fotos, com ambientação no local e acessórios temáticos para a foto; exposição de livros do grupo docente de Letras UTFPR-PB; apresentação do projeto 'Whisperphone': projeto que visa desenvolver a consciência fonética, promovendo a associação dos grafemas aos fonemas; jogos lúdicos voltados para o ensino e aprendizagem da língua inglesa, varal de poemas, apresentações teatrais e o palco livre para apresentações nos momentos que não havia peças.

 Curso de Licenciatura em Matemática

A ideia foi promover a interatividade entre a comunidade e a Matemática lúdica, por meio de materiais manipuláveis, visando estimular o interesse pela área, bem como desmistificar o mito de que a matemática é algo obscuro. A atração principal, foi a exposição do projeto Matemativa, da Universidade Estadual de Maringá (UEM), organizada em dois setores temáticos, “Geometria das Curvas” e “Simetrias”, e quatro módulos temáticos, “Números”, “Materiais Lúdicos”, “Jogos e Quebra-Cabeças” e “Jogos Matemáticos”, totalizando cerca de 150 peças.

 Curso de Química

A equipe procurou desenvolver atividades com o objetivo de atrair a atenção das crianças e do público em geral. Foram montadas duas mesas de demonstração, sendo uma delas para experimentos, o jardim de silicatos e na outra, simulações com oxigênio, nominada de magia do oxigênio. No estande foi preparado um local, simulando um laboratório. Neste espaço os visitantes tiveram a possibilidade de se caracterizar e manipular as vidrarias e equipamentos de química, se ambientar e registrar o momento (foto). Além disso, foram expostos protótipos de projetos dos professores do Curso, sendo um de cada área. Na área de biotecnologia, foi mostrado o trabalho com óleos essenciais; na área de biomateriais, mostrou os estudos que são feitos com titânio (tratado para não ter problemas de contaminação hospitalar); plástico (polímero), usado para embalar frutas, visando a conservação; e em alimentos, o processo demonstrativo de todo o processo de produção do óleo de soja; e na área de química aplicada (fotocatálise), o processo de tratamento de efluente têxtil.

 Programa de Empreendedorismo e Inovação (PROEM)

O Programa de Empreendedorismo e Inovação (PROEM) focou na divulgação da Incubadora de Inovações com as empresas incubadas: Neofloresta Serviços Ecossistêmicos, Beta Z e Sustentábil Energias; empresas pré-incubadas no Hotel Tecnológico: AJI Reciclagem de Entulhos, Verdeperto, Control Mach, Tree Automação, RW Agronomy, Ecotech, Witcher Spells, Steelar, Balança de gás, Cerveja Artesanal com moléculas imobilizadas; e também as Empresas Juniores do Câmpus: PROJr, h7 e OCCAM.

 Grupo de Estudo, pesquisa, extensão e inovação em Astronomia – GEAstro

As atividades de recepção aos visitantes tiveram como objetivo aproximar a comunidade da Astronomia, uma vez que a mesma não é tão explorada no dia a dia. Desse modo, o grupo participou durante todos os dias da feira promovendo atividades de observação noturna, tanto com o auxílio de um telescópio, quanto a olho desarmado. Nas noites em que o tempo permitiu, foi possível observar o planeta Saturno e a constelação de Escorpião, promovendo fascínio e despertando o gosto pela Astronomia.

Reportar erro