Pesquisa

Publicado 3/20/2023, 2:09:32 PM, última modificação 3/21/2023, 11:21:06 AM
Projeto Estudos Descritivos da Tradução promove formação de tradutores na UTFPR Campus Pato Branco

O projeto de pesquisa Estudos Descritivos da Tradução, coordenado pela professora doutora Mirian Ruffini, docente permanente do Programa de Pós-graduação em Letras (PPGL), iniciou suas atividades em 2018, tendo por objetivo o acompanhamento de estudantes de graduação no âmbito da pesquisa a fim de promover sua inserção nos programas de pós-graduação.

Paralelamente, o projeto busca fundamentar, desenvolver e avaliar os resultados de um programa de formação de tradutores na UTFPR Campus Pato Branco.

Os bolsistas, colaboradores e voluntários realizam, sob orientação, levantamento de obras literárias inéditas para o público leitor e mercado editorial brasileiro, analisando e selecionando criticamente os trabalhos que traduzirão. Uma vez selecionado o material fonte, os encontros visam estabelecer debates acerca de teoria e crítica literária, além de teoria e processos de tradução, instrumentalizando os estudantes para o início de suas atividades.

Através dessas atividades propostas pelo projeto, efetivou-se a tradução e revisão de livros, coletânea de poemas e artigos científicos, fundamentando a compreensão, por meio da prática, dos desafios e potencialidades vivenciados por tradutores de todo o Brasil. Após a revisão dos textos, o grupo promoveu a publicação e lançamento das coletâneas de poemas traduzidos, além de artigos e relatórios produzidos, em parceria com docentes pesquisadores do campus, professores de outras instituições de ensino superior e editoras.

Os livros O Tempero do Tempo (The Seasoning of Time, publicado pela editora Eduel), Haikus – Haicaipiras (publicado pela Pontes Editores) e Tradução, Comparatismo e Estudos Interartes (publicado pela Pontes Editores) são fruto do trabalho realizado pelos bolsistas, voluntários e docentes envolvidos com o projeto, consolidando sua atuação enquanto tradutores, além de promover a ampliação de seus horizontes de inserção profissional.

Além da publicação de livros e artigos, o grupo também acompanhou a exposição de seus trabalhos em sites internacionais e livrarias locais, recebendo convites para trabalhar juntamente a outros projetos, como o da equipe Pato a Jato, auxiliando-os com a tradução de vídeos, boletins e manuais publicados em língua inglesa.

Outra ação foi a inserção de serviços de tradução no âmbito da Revisoteca. Organizado por alunos egressos, a iniciativa busca fornecer suporte para a normatização, correção e tradução de trabalhos científico acadêmicos, além de da transcrição e legendagem de vídeos, aulas e palestras.

Embora tenha reduzido sua atuação com a pandemia de Covid-19, o projeto de pesquisa Estudos Descritivos da Tradução permanece em funcionamento até hoje, instigando novos estudantes a participarem ativamente, além de garantir a formação de profissionais qualificados para atuarem nos mais variados campos de tradução.

Ao longo de quatro anos, o grupo mostrou e comprovou sua relevância para a comunidade, expandindo seus objetivos para além dos muros da universidade enquanto supre a busca dos estudantes de Letras por disciplinas e atividades referentes à tradução, ampliando suas perspectivas de atuação profissional.