Home
/
Notícias
/
Pato Branco
/
Projeto de Extensão

Projeto de Extensão

Publicado 10/3/2023, 10:52:25 AM, última modificação 10/3/2023, 11:04:18 AM
Alunos do segundo ano do Ensino Fundamental do Colégio ALFA de Pato Branco participam de oficina do Projeto Amigos das Abelhas Sem Ferrão

A UTFPR Campus Pato Branco recebeu, no dia 22 de setembro, os alunos do segundo ano do Ensino Fundamental do Colégio ALFA de Pato Branco para a realização de uma oficina dedicada à divulgação do Projeto de Extensão Amigos das Abelhas Sem Ferrão, coordenado pelo professor Fabio de Freitas Lima, do Departamento Acadêmico de Engenharia Mecânica (DAMEC).

O evento, que ocorreu no anfiteatro da UTFPR-PB, teve como objetivo despertar nas crianças a consciência da importância das abelhas sem ferrão na natureza e incentivar o interesse pela criação dessas abelhas na cidade. Além disso, a iniciativa se alinha ao Projeto Poliniza Paraná e outras ações similares já implementadas em diversas cidades do Brasil.

Durante a oficina, as crianças tiveram a oportunidade de participar de uma palestra informativa que abordou os diferentes tipos de abelhas e sua relevância para o meio ambiente. Posteriormente, puderam conhecer as abelhas sem ferrão de perto, explorando caixas didáticas e observando ninhos na natureza. As espécies em destaque incluíram Jataí, Mandaçaia, Mirim Droryana, Mirim Nigriceps, Mirim Guaçu e Mirim Emerina.

O evento foi um marco importante, pois levou pela primeira vez o Projeto Amigos das Abelhas Sem Ferrão aos alunos de uma escola. Essa iniciativa representa um esforço significativo para contribuir com a preservação do meio ambiente e com a disseminação do conhecimento sobre esses insetos pouco conhecidos. Futuras apresentações do projeto já estão previstas no Remanso da Pedreira e na Fundabem.

A fase inicial do projeto envolveu vários encontros e oficinas, onde participantes, incluindo professores, técnico-administrativos, acadêmicos da UTFPR-PB e terceirizados, trocaram conhecimentos e experiências. As atividades são projetadas em um ciclo contínuo, permitindo que novos participantes se juntem a qualquer momento. No semestre atual (2023-2), as atividades foram retomadas, incluindo a fabricação de ninhos-isca, sua instalação, a transferência de enxames capturados para caixas racionais e a seleção de locais adequados para novas colmeias.

O projeto também tem incentivado visitas a meliponários rurais e urbanos, proporcionando oportunidades de aprendizado enriquecedoras em cada encontro. O esforço para levar o conhecimento sobre abelhas sem ferrão às escolas de Pato Branco também faz parte da agenda, com palestras e visitas programadas para disseminar ainda mais a importância dessas abelhas na preservação do meio ambiente.