Design Sprint

Publicado 6/8/2022, 11:43:21 AM, última modificação 11/7/2022, 11:26:17 AM
Evento da DIREC/PROEM apresenta versão "pocket" da metodologia à comunidade acadêmica

Na última sexta-feira (3), a Universidade Tecnológica Federal do Paraná - Campus Ponta Grossa (UTFPR/PG) sediou o evento “INOVE - Desafio de Inovação”, que aconteceu durante a manhã e a tarde. O encontro foi organizado pela Diretoria de Relações Empresariais e Comunitárias (DIREC) e pelo Programa de Empreendedorismo e Inovação (PROEM) da instituição. O workshop ocorreu em etapas, e teve como intuito apresentar de forma sintetizada o método Design Sprint de elaboração e desenvolvimento de ideias. Erica Marques, facilitadora da metodologia no Brasil, foi quem ministrou as atividades.

O Design Sprint é um método desenvolvido pelo designer Jake Knapp, em sua passagem pelo Google e pelo Google Ventures. A iniciativa busca resolver desafios por meio de protótipos construídos por uma equipe reduzida e em pouquíssimo tempo, mais precisamente em cinco dias. No evento, na versão pocket, as cinco etapas foram realizadas em um dia.

Os participantes do workshop foram divididos em equipes com seis pessoas e participaram de uma dinâmica para se conhecerem, depois iniciaram as atividades relacionadas ao método. No início da tarde, a bateria Carniceiros e a equipe de Cheerleading Asas Negras também estiveram presentes no evento e fizeram uma apresentação.

O Design Sprint é dividido nas seguintes etapas: entender, esboçar, decidir, prototipar e testar. Ao longo do processo cada equipe ficou responsável pela solução de um problema dado inicialmente aos grupos. Então, fizeram o mapeamento do desafio e desenharam soluções para resolvê-lo. Na sequência, decidiram qual seria a melhor e depois construíram protótipos, utilizando materiais como cartolina, EVA, garrafa pet, canetinha, fita adesiva, entre outros. Em seguida, passaram pela validação por meio de um pitch, que é uma apresentação rápida, em torno de três minutos, para apresentar/vender a solução para os mentores e demais equipes.

Conforme Erica, as atividades propostas foram feitas de maneira lúdica e dinâmica. “As tarefas foram super mão na massa. Algumas etapas da metodologia trouxemos prontas e outras não chegamos a utilizar, porque esta foi uma versão pocket do Design Sprint”, comenta.

Segundo Erica, a proposta era que as soluções trazidas pelos participantes fossem dispositivos wearable (vestíveis), como por exemplo, óculos, pulseira, chapéu, tênis, todos sendo itens tecnológicos. Cada atividade tinha um tempo determinado para entrega.

Para a facilitadora, o evento superou suas expectativas, já que além dos participantes entenderam os processos do método pode percebeu que houve integração entre eles. O evento contou com a participação de mais de 60 pessoas, entre elas estavam acadêmicos da UTFPR do Campus Ponta Grossa e do Campus Guarapuava e da Xperts Community.  O encontro teve o apoio do Vale dos Trilhos e do Sebrae.

Na ocasião também divulgaram uma novidade para a cidade. Por uma iniciativa da coordenação do PROEM/PG, foi firmada uma parceria com a Xperts Community que a partir do evento passa a ter uma sede na UTFPR/PG. Assim, a comunidade pretende contribuir com a inovação e desenvolvimento do ecossistema do município.

Na quinta-feira (2) à noite aconteceu um pré-evento realizado em forma de palestra, em que Erica explicou a importância e o funcionamento da metodologia Design Sprint. Nesse momento, a palestrante deu um panorama de empresas que já utilizaram o método para resolução de problemas e inovação de serviços/produtos. Algumas das empresas são a Google, Airbnb, Uber, Lego, Blue Bottle, Paraná Banco, Boticário, Cisco, Renault, entre outras. Além disso, fez uma introdução dos passos para execução do método que foram repassados durante o evento principal.