Home
/
Notícias
/
Ponta Grossa
/
História e docência

História e docência

Publicado 10/18/2023, 12:09:51 PM, última modificação 10/18/2023, 12:11:21 PM
No oitavo episódio do Podcast em comemoração aos 30 anos do Campus Ponta Grossa nossos convidados contam como suas trajetórias profissionais se cruzam com a do campus.

O oitavo episódio do Podcast em comemoração aos 30 anos de aniversário do Campus Ponta Grossa, da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), traz histórias muito curiosas de dois servidores. Durante as entrevistas feitas com o professor Hugo Valadares Siqueira e com o Pró-Reitor Adjunto, Guilherme Alceu Schneider, nossos convidados falaram sobre como suas trajetórias profissionais se cruzam com a do campus. Esse episódio foi conduzido pelas acadêmicas Ana e Milena.

Schneider destaca que sua formação acadêmica ocorreu toda dentro da UTFPR, onde além de atuar na docência já passou por vários cargos de gestão como Diretor de Graduação do Campus Curitiba e atualmente Pró-Reitor Adjunto de Graduação e Educação Profissional. Definindo-se como ponta grossense da Gema, ele lembra que sua relação com a universidade teve início no Campus Ponta Grossa, onde foi aluno da segunda turma do Curso Técnico em Eletrônica. O professor salienta que atualmente tem a oportunidade de trabalhar com docentes que deram aula para ele nesse período.

Hugo conta que iniciou sua carreira na UTFPR no ano de 2014. Ele se diz um andarilho, explicando que nasceu em Pernambuco, cresceu em Goiânia, onde permaneceu até os 18 anos e afirma ter adquirido seu sotaque. Fez a graduação na Universidade Estadual Paulista (UNESP), Campus Ilha Solteira e toda a sua formação de pós-graduação na Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), onde cursou o mestrado, doutorado e pós-doutorado. Atuando em diversos programas de pós-graduação, Hugo é estudioso da Inteligência Artificial (IA) e conta que o trabalho no Campus Ponta Grossa foi seu primeiro emprego.

A entrevista tratou de vários temas relevantes como a evolução tecnológica no campus e as diferenças nas relações entre os alunos no início dos cursos técnicos. A conversa também abordou as principais mudanças do Campus Ponta Grossa nesses 30 anos, sob a ótica dos nossos entrevistados. Schneider conta que uma das curiosidades é que piscina, na época do técnico, era a céu aberto e a água era fria, por isso, as aulas de natação só podiam acontecer no mês de novembro.

Outros temas que fizeram parte desse bate papo foram os avanços na pesquisa em Inteligência Artificial e como influenciam a vida acadêmica, projetos dos nossos entrevistados, já em desenvolvimento e para o futuro, e o protagonismos dos acadêmicos da UTFPR.

Para saber mais sobre essas histórias e as trajetórias dos nossos entrevistados, clique aqui e acompanhe na integra o oitavo episódio do Podcast em comemoração aos 30 anos de aniversário do Campus Ponta Grossa, uma parceria do Projeto de Extensão Livre com Ciência e a Assessoria de Comunicação (ASCOM-PG).