Nota máxima

Publicado 9/5/2023, 3:45:21 PM, última modificação 9/5/2023, 3:47:55 PM
Automação Industrial conquista nota 5 junto ao MEC em Processo de Renovação do Reconhecimento.

O Curso Superior de Tecnologia em Automação Industrial comemora a nota máxima obtida na avaliação do Ministério da Educação (MEC). O Processo de Renovação do Reconhecimento de Curso foi realizado no mês de agosto, em substituição a Prova do ENADE, que não é mais aplicada para Tecnologia em Automação Industrial.

O coordenador do curso, Frederic Conrad Janzen, destaca todo o trabalho necessário para a realização da avaliação.  Ele conta que processo ocorreu na modalidade remota, envolvendo vários atores, com a realização de diversas ações como tour nos ambientes da instituição, reuniões e avaliação documental. “O resultado de todo o processo foi publicado no dia 28 de agosto, sendo o curso avaliado com nota 5. Como já possuíamos essa mesma nota, reafirmamos mais uma vez a nossa qualidade”, comemora.

Felipe Mezzadri, Secretário de Bacharelados e Licenciaturas (SELIB-PG), destaca que já são quatro cursos que passaram por esse processo no campus, sendo notável o sucesso alcançado com o reconhecimento dos cursos durante a atual gestão, salientando que em todos os processos de avaliação os cursos obtiveram a pontuação máxima.  “Os cursos que alcançaram essa conquista foram Engenharia de Bioprocessos e Biotecnologia, Licenciatura em Ciências Biológicas, Engenharia Elétrica e, agora, a Tecnologia em Automação Industrial. Esse último possui um significado especial para nós, tanto para mim, quanto para o Frederic, pois tivemos a oportunidade de ser alunos do curso”, comenta.

De acordo com a SELIB, a pedido do Ministério da Educação, a universidade também já finalizou a primeira etapa do processo de reconhecimento dos Cursos Superiores de Tecnologia em Fabricação Mecânica e Licenciatura em Ciências Naturais. “Estamos comprometidos em manter o padrão de excelência que temos alcançado, sempre visando a qualidade e o aprimoramento dos nossos cursos”, afirma Mezzadri.

Atuaram no processo de reconhecimento do Curso Superior de Tecnologia em Automação Industrial representantes da Reitoria e da Diretoria de Graduação (DIRGRAD-PG), a Secretaria de Educação Profissional e Graduação Tecnológica (SEDUP-PG), a Secretaria de Bacharelados e Licenciaturas (SELIB-PG), e a Coordenação do curso de Tecnologia em Automação Industrial, professores e acadêmicos do curso. Também foram atores nesse processo a Comissão Própria de Avaliação (CPA), que  cuida dos processos de avaliação da instituição, como avaliação dos setores e docente pelo discente e o Núcleo Docente Estruturante (NDE), responsável pela gestão do curso.