Projetos de Pesquisa

Publicado 4/24/2018, 3:51:36 PM, última modificação 7/28/2023, 10:36:06 AM
Doutorado

ÁREA DE CONCENTRAÇÃO: GESTÃO INDUSTRIAL.

APOIO À DECISÃO EM MANUTENÇÃO INDUSTRIAL

Este projeto de pesquisa tem como objetivos estudar os processos e organizações e propor modelos, técnicas e ferramentas regionalmente adequados para a manutenção dos processos produtivos e automatizados. Sua formação é multidisciplinar tendo como base às Ciências de Engenharia sendo complementada pelas áreas de Economia, Gestão, Informática e Educação Tecnológica. O grupo tem desenvolvido atividades de ensino em nível de graduação e pós-graduação com oferta de disciplinas (Instrumentação, Controle de Processos, Técnicas de Manutenção, Gestão de Manutenção, Ergonomia, Gestão da Informação entre outras), aprimoramento de grades curriculares (Engenharias e Tecnologias). Com relação à pesquisa tem tratado de temas como Automação Industrial regional/local, Arranjos Produtivos locais, modelos, métodos e ferramentas de Gestão de Manutenção e Automação no ambiente industrial, Transferência de Tecnologia e Planejamento e Controle da Manutenção. Na extensão tem qualificado profissionais em Estratégias de Controle de Processos, Monitoramento de Processos Industriais, Sistemas de Supervisão e Sistemas de Manutenção, de empresas e de instituições públicas.

BIOPRODUÇÃO

O objetivo é desenvolver pesquisas e soluções verdes que promovam a bioeconomia e o desenvolvimento sustentável. As principais temáticas trabalhadas incluem: bioeconomia, economia circular, avaliação de ciclo de vida, ecodesign, rotulagens ambientais, tecnologias e inovações verdes, modelos de negócios sustentáveis, avaliações econômicas e financeiras, bioenergias, mapeamento e análise de fluxos de materiais e energia, instrumentos de gestão e políticas para sustentabilidade. Este projeto está vinculado ao Laboratório de Estudos em Sistemas Produtivos Sustentáveis (LESP). 

CRIAÇÃO DE NOVOS PRODUTOS, SEUS PROCESSOS E SUAS PATENTES

Com foco no setor industrial, são desenvolvidas pesquisas para as áreas de alimentos, novos materiais e química. As atividades na área de alimentos estão relacionadas ao desenvolvimento de filmes e embalagens para aplicação na indústria alimentícia e processos de secagens dos produtos comestíveis. As atividades relacionadas às áreas dos novos materiais e da química estão relacionadas às investigações s dos fenômenos e das modificações estruturais dos compostos químicos através da interferência de tratamento térmico assistido por pressão, à preparação e caracterizar filmes finos e ultrafinos e à síntese, caracterização e aplicação dos nanomateriais. Também obtém espumas de vidro a partir de rejeitos visando o desenvolvimento de novos produtos de mercado.

Professores(as) associados: Prof. Dr. Sergio Mazurek Tebcherani

DESENVOLVIMENTO DE PRODUTOS E PROCESSOS DE MANUFATURA

Neste projeto de pesquisa investiga-se o desenvolvimento de produtos e seus processos de manufatura para a obtenção de novos produtos e/ou melhorias de produtos e processos além do desenvolvimento de novas tecnologias. Atualmente, tem-se desenvolvido pesquisas nos seguintes temas: no desenvolvimento de produtos e/ou processos para a produção de energia a partir de biomassa renovável; estudos de sistemas de produção mecânica visando a redução do consumo de energia e a minimização de passivos ambientais; desenvolvimento de produtos a partir de resíduos da indústria florestal. 

Professores(as) associados: Prof. Dr. Aldo Braghini Jr.

DINÂMICA E CONTROLE DE SISTEMAS DINÂMICOS LINEARES E NÃO LINEARES

Este projeto tem como objetivo promover o desenvolvimento científico e tecnológico por meio da análise dinâmica de sistemas lineares e não lineares e do projeto de controle para aplicações em sistemas elétricos, mecânicos, eletrônicos, mecatrônicos, biológicos, químicos, econômicos, assim como o projeto de controle para sistemas de conversão e geração de energia a partir de fontes renováveis (tais como: eólica, fotovoltaica, matérias piezelétricos, biomassa, gás natural, entre outros). 

EORE: INDÚSTRIA 4.0 NA ENGENHARIA ORGANIZACIONAL E REDES DE EMPRESAS

A quarta revolução industrial, denominada como Indústria 4.0, ocorrida inicialmente no ambiente industrial e hoje disseminada por vários outros setores, como serviços e educação, traz desafios consideráveis para todos os segmentos impactados pelo mesmo. Pautada principalmente, mas não unicamente, na inserção, uso e otimização da tecnologia, vem trazendo possibilidades de consideráveis ganhos, em suas muitas aplicações.   Nesse contexto o setor acadêmico tem possibilidades de colaborar para o desenvolvimento do conhecimento necessário, facilitando entendimento, aplicação e melhora para todos os setores impactados pelas tecnologias impulsionadoras da Indústria 4.0. Assim, o grupo de pesquisa Indústria 4.0 na Engenharia Organizacional e Redes de Empresas atua em torno dos seguintes temas: Gestão Estratégica e Organizacional, Gestão da Produção, Desempenho Organizacional, Inovação/Empreendedorismo, Responsabilidade Social, Formação de Recursos Humanos/Educação 4.0, Gestão da Qualidade, Gestão da Manutenção, Redes de Empresas/Supply Chain e Logística, buscando entender como a Indústria 4.0 vêm impactando esses temas, considerando suas tecnologias, inovação, gestão, estrutura e estratégias, seja na indústria, no setor de serviços e terceiro setor.

ERGONOMIA E SEGURANÇA DO TRABALHO

Linha de pesquisa baseado na ciência da engenharia. Projetada para desenvolver conhecimentos e soluções para sistemas produtivos com foco na gestão integrada e multidisciplinar, contemplando as áreas de inovação nas organizações dentro do conceito de ergonomia e segurança do trabalho. A linha aprofunda-se em dois temas: ERGONOMIA: metodologia ergonômica, gerenciamento de riscos ergonômicos em diferentes cenários, abordagem micro e macroergonômia, conforto ambiental, aspectos ergonômicos de ambientes térmicos, do ruído, Iluminação em postos de trabalho, ofuscamento lumínico, avaliação do bem-estar/mal-estar térmico mediante índices PMV e PPD, avaliação da carga física derivada do trabalho dinâmico e estático, avaliação do risco derivado das posturas de trabalho, avaliação do risco derivado de atividades repetitivas. SEGURANÇA DO TRABALHO: Análise, pesquisa e desenvolvimento nas áreas específicas da higiene e segurança ocupacional, usabilidade de equipamentos, instrumentos, técnicas e procedimentos, intervenção em áreas específicas tais como avaliação de risco, confiabilidade, ruído e vibrações, iluminação, cultura e maturidade em segurança do trabalho, sistema de gestão de segurança do trabalho, riscos ocupacionais no ambiente industrial e empresarial, ciclo de gestão de riscos e gestão de segurança do trabalho de alto desempenho.

GESTÃO DA INOVAÇÃO AGROINDUSTRIAL

O objetivo deste grupo de pesquisa é estudar as diferentes linhas de inovação do setor agroindustrial, assim como as deficiências existentes, a fim de propor modelos, técnicas e ferramentas para a gestão da produção na cadeia agroindustrial. O grupo destaca-se pela visão sistêmica do desenvolvimento rural, buscando as alternativas para a manutenção da sustentabilidade na produção. Nas pesquisas desenvolvidas pelo grupo há o destaque da Biotecnologia como ferramenta para vários projetos em temas desde o ambiente industrial até a funcionalidades de paisagens e serviços ambientais. O grupo desenvolve trabalhos de extensão envolvendo a academia e setor produtivo em vários trabalhos de desenvolvimento tecnológico aplicados à demanda regional. 

GESTÃO DE TRANSFERÊNCIA DE TECNOLOGIA

Tem por objetivo pesquisar: 1. Transferência de tecnologia, seus processos, agentes, recursos, mecanismos e barreiras; 2. Lei de inovação tecnológica, políticas e estratégias de inovação, propriedade intelectual e industrial; 3. Smart Cities: estruturas, inovação, tecnologias e políticas; 4. Antropotecnologia: impactos da tecnologia nos ambientes produtivos. 

ORGANIZAÇÕES E SOCIEDADE

Visa fomentar a construção de conhecimentos relacionados ao bem-estar humano e aspectos produtivos, sob a perspectiva conceitual de Etzioni e Scott (1964, p. 3) em que “organizações são entidades sociais (ou agrupamentos humanos) deliberadamente criados e recriados para atingir metas especificas”. Essas organizações recebem influências externas, assim como influenciam a sociedade que as cercam. A influência organizacional estende-se aos níveis sociais e ambientais, com a geração de empregos, riquezas, e desenvolvimento social e industrial de uma nação. Neste contexto, Hall e Richard, (2009, p. 16) enfatizam que “as organizações são participantes ativas na sociedade”, ou seja, é também por meio do ambiente organizacional (independentemente do tamanho) que transformações na sociedade são geradas, impactando nos hábitos das pessoas. Por fim, o impacto que as organizações causam ou pretendem causar na sociedade, é objeto de estudo do grupo de pesquisa “Organizações e Sociedade”, tendo concentração na análise das seguintes temáticas: 1. Gestão de Recursos Humanos para o Ambiente Produtivo (GRHAP); 2. Qualidade de Vida (QV) e Qualidade de Vida no Trabalho (QVT); 3. Industrialização e Desenvolvimento social (IDs); 4. Ensino e Avaliação de Políticas Públicas na Educação (EAppe).

OTIMIZAÇÃO E TOMADA DE DECISÃO

O Grupo de Otimização e Tomada de Decisão tem por objetivos aplicar métodos matemáticos determinísticos e estocásticos na modelagem e solução de problemas em sistemas de produção e serviço, projetos e logística e desenvolver modelos e ferramentas para tomada de decisão.

Professores(as) associados: Prof. Dr. João Carlos Colmenero.

PROCESSOS DE GERAÇÃO DE ENERGIA PROVENIENTES DE FONTES RENOVÁVEIS E SUAS APLICAÇÕES 

Este projeto tem como objetivo promover o estudo, desenvolvimento e aplicações de fontes de energias renováveis assim como os seus impactos econômicos, sociais e ambientais. Sendo considerados os processos de geração, armazenamento e distribuição de energia provenientes de fontes eólica, fotovoltaica, matérias piezelétricas, biomassa, gás natural, entre outros. Considerando fontes de energia renováveis as principais temáticas trabalhadas incluem: Avaliações econômicas e financeiras; Modelagem e simulações computacionais; Aplicação de métodos de otimização; Projeto de controle aplicado a geração, distribuição e utilização de energia; Processamento eletrônico da energia elétrica; Geração de hidrogênio e biocombustíveis.

QUALIDADE AMBIENTAL INTERIOR PARA A MELHORIA DA SAÚDE E PRODUTIVIDADE

A Qualidade Ambiental Interior – Indoor Environmental Quality (IEQ) - é um requisito para um ambiente saudável e produtivo, tendo em vista que as pessoas passam cerca de 80% do seu tempo em ambientes fechados. Este projeto de pesquisa tem por objetivos estudar como os aspectos tangíveis (temperatura, luminosidade, ruídos e qualidade do ar) e os aspectos intangíveis (biofilia, layout, controle pessoal, limpeza e manutenção) da qualidade ambiental interior podem ser melhorados para trazer conforto, bem-estar e melhoria da produtividade aos usuários de ambientes internos.

O link do grupo de pesquisa certificado: dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/4301120417926695

SISTEMAS PRODUTIVOS SUSTENTÁVEIS

Promover pesquisas e soluções sustentáveis para sistemas produtivos, por meio da integração entre alunos, professores, pesquisadores e egressos de forma ética e produtiva, visando o desenvolvimento de uma sociedade sustentável. As principais temáticas abordadas incluem: Pensamento de Ciclo de Vida, avaliação de ciclo de vida (ambiental, social, econômica), relatórios de sustentabilidade, qualidade de vida e qualidade de vida no trabalho, responsabilidade social, suporte a decisão sustentável, data mining para sustentabilidade, energias renováveis, economia circular, sistemas de gestão para sustentabilidade, e eco inovação. Este projeto está vinculado ao Laboratório de Estudos em Sistemas Produtivos Sustentáveis (LESP).