Extensão

Publicado 9/28/2018, 11:12:39 AM, última modificação 9/28/2018, 11:32:58 AM
Oficina de aproveitamento de soro de leite beneficia pequenos produtores de queijo

Na quinta-feira (27) a UTFPR promoveu um curso prático de aproveitamento de soro de leite para pequenos produtores de queijo e técnicos da Emater da região. A oficina apresentou alternativas para o aproveitamento do soro de leite, um subproduto gerado na produção do queijo, que muitas vezes é descartado como resíduo ou subutilizado para alimentar os animais.

O principal objetivo da oficina, que faz parte de um projeto de extensão da UTFPR, é que o soro de leite passe a fazer parte da alimentação dos produtores e seus familiares ou gere uma fonte de renda extra. Os participantes aprenderam a empregar o soro para produzir ricota, bebida láctea fermentada achocolatada, bolo e doce pastoso de soro de leite.

De acordo com a coordenadora do projeto, Fabiane Picinin de Castro Cislaghi, “o soro já é aproveitado na indústria, mas os pequenos produtores acabam descartando, o que causa poluição do meio ambiente. Estamos trabalhando com a conscientização e com alternativas já que ele é rico em proteínas de algo valor biológico, tem qualidade nutricional elevada e apresenta alta digestabilidade”. Outra aplicação comum de encontrarmos no dia a dia é o Whey, muito utilizado por atletas e para quem busca aumentar a massa muscular, justamente pela alta concentração de proteínas. “A principal diferença é a concentração, já que neste caso o soro do leite é processado e comercializado em pó”, explica a professora.

Participaram do oficina e do projeto ainda as professoras Ellen Porto, Andréa Badaró e a aluna Larissa Scarabotto.