Home
/
Notícias
/
Francisco Beltrão
/
Extensão na agricultura

Extensão na agricultura

Publicado 10/21/2019, 9:15:32 AM, última modificação 10/31/2022, 8:27:43 PM
Ações de extensão da UTFPR de Francisco Beltrão beneficiam agricultores

Ao longo dos onze anos nos quais está inserida em Francisco Beltrão, a UTFPR desenvolve diversas ações que beneficiam produtores da agricultura familiar, agroindústrias e, consequentemente, os consumidores. Esse é um dos papéis da universidade, que preza pelo desenvolvimento de pesquisas, pelo ensino e pela extensão. Além dos projetos, a UTFPR em Francisco Beltrão é sede da Unidade Mista de Pesquisa e Transferência de Tecnologia (Umiptt), que engloba diversas instituições públicas e privadas que atuam em projetos de interesse da agricultura familiar.

No último ano são mais de vinte projetos executados por professores, alunos e parceiros e que vão desde a produção, manipulação de alimentos, desenvolvimento de novos produtos, empreendedorismo, até os cuidados com as propriedades e com o meio ambiente.

De acordo com o diretor-geral da UTFPR, Alexandre Alfaro, “a agricultura familiar é muito importante para nossa região e a universidade a cada ano aumenta a interação e a realização de projetos de interesse da comunidade”, destaca.

Produtos

Pensando no desenvolvimento de produtos alimentícios e na gestão empreendedora nas agroindústrias há o projeto que oferece treinamentos, auxílio no desenvolvimento do plano de negócio e de novos produtos.

Quando a ênfase é na criação e aprimoramento desses produtos destaca-se o queijo colonial, embutidos de carne caprina, cerveja artesanal e aproveitamento do soro de leite. “Muitas vezes são demandas apresentadas por agricultores familiares, que resultam em estudos, pesquisa e desenvolvimento dentro dos laboratórios da universidade e que retornam ao produtor”, enfatiza Alfaro.

Inovação e Sustentabilidade

Na linha de inovação a universidade trabalha com a tecnologia voltada para agricultura familiar, levando soluções da engenharia ao campo. Um dos exemplos é a construção do secador solar de baixo custo, utilizada para a desidratação de frutas e chás e que já beneficiou mais de 12 produtores.

Há ainda projetos que buscam aliar a inovação com a sustentabilidade, tanto financeira quanto do meio ambiente. “Trabalhamos uma aproximação com os alunos das escolas do campo com capacitação para o uso de ferramentas de gestão financeira para os auxiliarem na tomada de decisão em relação a implementação de inovações sustentáveis nas propriedades rurais. Outras iniciativas visam estimular a educação ambiental e a preservação do meio ambiente”, finaliza.