Home
/
Notícias
/
Francisco Beltrão
/
Fechaduras eletrônicas

Fechaduras eletrônicas

Publicado 4/3/2019, 8:27:49 AM, última modificação 10/31/2022, 8:30:51 PM
Pesquisa tecnológica aplicada desenvolve dispositivos eletrônicos de segurança para laboratórios do Câmpus Francisco Beltrão.

Após a publicação do edital interno que teve como objetivo incentivar discentes e servidores do Câmpus Francisco Beltrão da UTFPR a implementar ideias e produtos inovadores, um grupo de docentes e discentes do Câmpus desenvolveu uma tecnologia para implementação de dispositivos eletrônicos de segurança para os laboratórios.

O projeto foi desenvolvido com hardware livre Arduíno, proveniente de uma empresa italiana com o intuito básico de possibilitar projetos de automação simples. Todo o desenvolvimento e prototipação da fechadura eletrônica foram feitos na UTFPR Câmpus Francisco Beltrão pelo acadêmico Gustavo Henrique Slomski, discente do Curso de Licenciatura em Informática, com a supervisão dos professores Dr. Michel Albonico, Dr. Paulo Junior Varela e Dr. Jonas Joacir Radkte, que compõem a equipe executora do projeto. O projeto finalizado com a versão 01 foi entregue na tarde do dia 02 de abril.

O professor Michel Albonico, coordenador do projeto esclarece que o projeto tem dois objetivos principais - produzir tecnologia acessível e de baixo custo para o desenvolvimento e melhoria do Câmpus e introduzir os acadêmicos de Licenciatura em Informática no ambiente de desenvolvimento de software e prototipação de produtos tecnológicos.

 O discente envolvido na pesquisa, Gustavo, sente-se muito feliz em fazer parte da equipe, aponta que para desenvolver o projeto, foi necessário o aprendizado de muitos quesitos ainda não vislumbrados na graduação adiantando, desta forma, conhecimentos em linguagens web e tecnologias o que lhe deu oportunidade de crescimento acadêmico.

 Como resultado do projeto foi criado o protótipo de uma fechadura eletrônica que, entre outros, controla e registra o acesso aos laboratórios da UTFPR por um custo muito menor do que as fechaduras encontradas no mercado. Além disso, como o hardware e o software foram criados na UTFPR e serão disponibilizados de maneira livre, eles são altamente customizáveis e poderão atender outras demandas. Este protótipo deve ser replicado para a segurança e monitoramento dos laboratórios de pesquisa da UTFPR Câmpus Francisco Beltrão.