Inovação Social

Publicado 12/10/2019, 11:36:03 AM, última modificação 10/31/2022, 8:26:39 PM
Pesquisa desenvolvida por estudantes da graduação e da pós-graduação da UTFPR é destaque na América Latina

Uma pesquisa que visa obter água atmosférica de qualidade com equipamento de baixo custo foi selecionada entre mais de 4 mil propostas recebidas pelo Desafio Comprometidos, direcionado a jovens da América Latina e do Caribe que desenvolvam projetos com o intuito de melhorar o mundo e tenham grande inovação social. A pesquisa, que ficou entre as 24 finalistas, é desenvolvida em conjunto pelo aluno do mestrado em Engenharia Ambiental da UTFPR de Francisco Beltrão, José Jorge Martin Ocampo, pelo aluno da graduação em Engenharia Ambiental, Nicolas Barros da Guia e por Joice Mendez, da Unila.

De acordo com o coordenador do programa de Mestrado em Engenharia Ambiental, Rodrigo Lingnau, “o objetivo do desafio é colaborar na diminuição da desigualdade entre jovens, com a proposta de dar mais oportunidades e reconhecimento para a juventude, além de aproximar os jovens às redes de organizações (universidades, instituições internacionais, setor público e setor privado). A iniciativa conta com apoio das empresas Ashoka, Socialab, Nestlé e da UNESCO ”.

Como prêmio os alunos que ficaram entre os finalistas participaram da “Semana de Aceleração” em Buenos Aires, na Argentina, entre os dias 11 e 15 de novembro.

Semana de Aceleração

O evento, sediado em Buenos Aires, contou com palestras, presença de conselhos diretivos de empresas como o Facebook, DirecTV, além da Biblioteca do Congresso e da Unesco. Os selecionados participaram de treinamentos diários intensivos, adquirindo novos conhecimentos e habilidades para aplicar no desenvolvimento do projeto.

No último dia do evento, todas as equipes tiveram o desafio de apresentar seu projeto através do formato “pitch” em apenas dois minutos, seguido de quatro minutos para perguntas pela banca.

O aluno da Engenharia Ambiental, Nicolas da Guia, comenta que “foi uma experiência muito grande, por ter sido a primeira vez que saí do Brasil. Houve uma incrível troca de conhecimentos entre as equipes, com jovens de vários países da América Latina”. Guia foi o único brasileiro entre todas as equipes, e Martin Ocampo o único paraguaio. Ocampo salientou que “ambos ficamos muito surpreendidos ao ver que muitas das equipes participantes já tinham ganhado prêmios para seus projetos em países como a Espanha e Estados Unidos, e nós estávamos ali disputando no mesmo nível com eles.”

Duas das equipes finalistas serão ainda selecionadas para investimentos para implementação do projeto. Apesar disso, caso alguma das empresas presentes no evento tenha gostado da ideia, pode apoiar individualmente o desenvolvimento do projeto apresentado. Neste momento Martin e Nicolas aguardam o resultado da semana de aceleração e já pensam em submeter sua ideia para a Incubadora de Inovações Tecnológicas na UTFPR.

Processo de Seleção e criação

O grupo resolveu submeter o projeto para o Desafio Comprometidos e deveria contribuir para alguma das temáticas dos 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) propostos pelas Nações Unidas e ligados a um dos seguintes eixos: Agroempreendimentos, Educação, Materiais sustentáveis ou Transformação digital.

O trabalho concorreu com cerca de outras quatro mil propostas inscritas. Na primeira fase foram selecionadas 715 ideias para serem avaliadas, com uma previsão de custos do equipamento, mão de obra, e custos de produção. A partir disso, foram selecionados 40 projetos que receberam orientadores para auxiliar na produção de um vídeo de divulgação do projeto, do modelo de negócio do equipamento, e o perfil da equipe.

Em um terceiro momento foram selecionados apenas 24 (dos 40), que foram beneficiados com a ida até Buenos Aires, na semana de 11 a 15 de novembro. Martin e Nicolas ganharam as passagens aéreas de ida e volta para a Argentina, todo o translado em Buenos Aires, hospedagem e alimentação, para participar da denominada “Semana de Aceleração” apresentando sua ideia.