Home
/
Notícias
/
Francisco Beltrão
/
Projetos destaques da UTFPR

Projetos destaques da UTFPR

Publicado 12/3/2018, 4:21:53 PM, última modificação 12/3/2018, 4:22:43 PM
Câmpus Francisco Beltrão tem 05 projetos aprovados no Edital 04/2018 – PROREC – Apoio a Projetos Destaque na UTFPR

Foi com grande alegria que o Câmpus Francisco Beltrão recebeu o resultado do Edital 04/2018 – PROREC – Apoio a Projetos Destaque na UTFPR. Dos 30 projetos aprovados no Edital, cinco são do Câmpus FB, com direito a 1º lugar geral no ranking de classificação.

Confira os projetos aprovados e uma breve explanação sobre eles:

  • Von Braun – Coordenador – Guilherme Bertoldo

 O Grupo de Foguetes Tsiolkovsky (GFT), composto por estudantes e docentes da UTFPR, foi criado em 2013 e executa o projeto de extensão denominado Projeto von Braun. Os nomes do grupo de foguetes e do projeto de extensão são homenagens a Konstantin Tsiolkovsky e a Wernher von Braun. Tsiolkovsky foi um dos precursores da espaçonáutica. Ele é o autor da equação que prevê o ganho de velocidade dos foguetes e da proposta de que o foguete perca partes ao longo do lançamento, por exemplo. Wernher von Braun foi um dos ícones da astronáutica do século XX. Foi um dos líderes do desenvolvimento do foguete V2 e foi projetista chefe do foguete Saturno V, que levou o homem à Lua. Von Braun cursou engenharia em uma universidade tecnológica, onde se envolveu com um grupo de foguetes intitulado “Sociedade para viagens espaciais”. As atividades formativas desenvolvidas no projeto de extensão são divididas em níveis de profundidade e abrangência, de acordo com o público abordado. Espera-se, desta forma, atingir desde um público leigo, por meio de notícias e exposições, passando por estudantes do ensino básico, através de atividades que despertem o interesse pela área aeroespacial, até uma espécie de introdução à Engenharia Aeroespacial, na qual os estudantes desenvolvem foguetes para participarem em competições.

  • Implantação e aprimoramento das ações de melhoria da qualidade da alimentação escolar da rede municipal de Francisco Beltrão – Coordenadora – Andréa Cátia Leal Badaró

É grande a preocupação dos responsáveis pela alimentação escolar do município de Francisco Beltrão em fornecer alimentos inócuos, incapazes de causar malefícios à saúde, principalmente das crianças/alunos que consomem estes produtos. As Boas Práticas de Manipulação (BPM) surgiram como um importante instrumento técnico que visa regular as atividades relacionadas à produção de alimentos, de forma a satisfazer o requisito de inocuidade. Este projeto tem sido realizado para manter e ampliar algumas ações já realizadas com as escolas e creches, fruto de uma parceria entre a UTFPR e as a Secretarias de Educação Municipal e Estadual, bem como com os fornecedores da agricultura familiar e, implementando outras atividades que foram identificadas como necessárias para a melhoria contínua da qualidade dos alimentos fornecidos na alimentação escolar da rede municipal de Francisco Beltrão.

  •  Apresentações da Orquestra e Coral da UTFPR – FB em eventos – Coordenador – Mauro Cesar Cislaghi

Esse projeto objetiva promover interação entre o Câmpus Francisco Beltrão da UTFPR e a comunidade através de apresentações da Orquestra e do Coral da UTFPR – FB em eventos. A Orquestra e o Coral da UTFPR – FB proporcionam uma grande interação entre a Universidade e a comunidade, pois os grupos se apresentam em diversos locais e eventos da sociedade, como universidades, instituições sociais, teatros, feiras, exposições. O projeto também contribui com a ampliação do capital cultural dos integrantes participantes da Orquestra e do Coral e de todo o público presente nas apresentações, gerando benefícios como, desenvolvimento da sensibilidade e do senso crítico, desenvolvimento de aspectos cognitivos, o despertar de interesse por músicas não divulgadas nas grandes mídias e o contato com uma orquestra e com um coral. 

  • Dispositivos Eletrônicos de Baixo Custo – Coordenador Jonas Joacir Radtke

O projeto objetiva desenvolver e construir dispositivos eletrônicos utilizando Arduino, para serem utilizados em outros projetos de pesquisa e/ou extensão realizados no Câmpus. Dentre os dispositivos construídos pelos professores e alunos envolvidos no projeto podemos destacar: fresadora CNC; altímetros e sistema de ejeção de paraquedas para minifoguetes; termômetros de globo e termohigrômetros com datalogger; entre outros. Outros dispositivos estão sendo desenvolvidos, como por exemplo uma impressora 3D.

  •  Soro de Leite: alternativas para o aproveitamento e agregação de valor – Coordenadora - Fabiane Picinin de Castro Cislaghi

Este projeto contempla um trabalho com os produtores de queijo da região Sudoeste, através do diagnóstico no que se refere à utilização e/ou venda do soro gerado pelas agroindústrias e orientação quanto à qualidade nutricional, benefícios à saúde, aspectos ambientais e formas de aproveitamento do soro de leite, uma vez a região Sudoeste do Paraná é uma grande produtora de leite e queijo. O aproveitamento do soro na elaboração de produtos alimentícios pode ser uma nova fonte de renda para as agroindústrias e contribui para a utilização desse subproduto na alimentação humana. Além disso, a produção de outros alimentos a partir do soro diminui o seu descarte inadequado, reduzindo seu potencial poluidor.

Conforme listado no Edital 04/2018 – PROREC os projetos aprovados foram selecionados por sua excelência técnica, qualidade de apresentação, impacto tecnológico, científico e/ou cultural, bem como a capacidade de representar as competências desenvolvidas por professores e alunos da UTFPR nas áreas de ensino, pesquisa, inovação e extensão. Os projetos selecionados serão conhecidos como Projetos Destaque da UTFPR e farão jus a um certificado de Projeto Destaque, assinado pelo Reitor da UTFPR, bem como a uma ajuda de custo para desenvolvimento de suas ações no período de 12 meses.

Dentre os projetos submetidos ao Edital, o 1º lugar ficou com o projeto Von Braun, coordenado pelos professores Guilherme Bertoldo, Jonas Joacir Radtke e Claudio Novelo, todos docentes do Câmpus Francisco Beltrão.

De acordo com o professor Alexandre da Trindade Alfaro, diretor-geral do Câmpus, é uma imensa alegria para o Câmpus ver o resultado do esforço dos docentes e discentes sendo reconhecido. “O Câmpus Francisco Beltrão está agradecido por todo o empenho e dedicação de todos os envolvidos nestes projetos”, finaliza Alfaro.