Notícias
/
Londrina
/
Avaliação Quadrienal

Avaliação Quadrienal

Publicado 9/14/2022, 2:03:47 PM, última modificação 9/20/2022, 8:39:52 AM
Mais quatro Programas de Pós-Graduação stricto sensu do Campus Londrina alcançam nota 4 na avaliação da CAPES

Nesta segunda-feira, dia 12, a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) permitiu a divulgação da avaliação preliminar quadrienal dos Programas de Pós-Graduação (PPGs) Stricto Sensu, referente ao período de 2017 a 2020.

Dentre os Programas realizados em parceria com o Campus Londrina (MultiCampi), quatro Programas que estavam com nota “3”, conseguiram elevar suas notas para “4”, e um Programa de que já tinha sido avaliado com nota 4 na avaliação anterior, manteve a mesma nota. Ou seja, 80% dos Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu ascenderam de nota nesse ciclo avaliativo.

Os Programas MultiCampi que melhoram seu desempenho foram:

- PPGTAL - MultiCampi Francisco Beltrão e Londrina - Mestrado Profissional em Tecnologia de Alimentos (desde 2011);

- PPGEA - MultiCampi Apucarana e Londrina - Mestrado Acadêmico em Engenharia Ambiental (desde 2012);

- PPGMAT - MultiCampi Cornélio Procópio e Londrina - Mestrado Profissional em Ensino de Matemática (desde 2015);

- PPGCEM - MultiCampi Apucarana e Londrina - Mestrado Acadêmico em Ciência e Engenharia de Materiais (desde 2016);

O Programa que já tinha obtido nota “4” na última avaliação e agora teve sua nota mantida, foi o PPGEN - Multicampi Cornélio Procópio e Londrina - Mestrado Profissional em Ensino de Ciências Humanas, Sociais e da Natureza (desde 2013).

Com essas elevações de nota, todos os nossos Programas de Pós-Graduação se tornam aptos a propor a criação de seus respectivos Cursos de Doutorado.

Os Dirigentes do Campus Londrina receberam os resultados dessa avaliação com muita alegria e serenidade. “O sonho da verticalização de todos os Programas começa a ganhar corpo e as possibilidades de propiciar qualificação em nível de Doutorado aos nossos alunos, egressos e demais profissionais e/ou pesquisadores que buscam uma atuação, também, no meio acadêmico, passam a ser mais concretas”, destacou o Diretor-Geral do Campus, Prof. Sidney Alves Lourenço.

Com o sentimento de gratidão a todos os envolvidos com todo o processo de formação e consolidação dos nossos Programas, Docentes, Mestrandos, Egressos, Colaboradores externos, o Diretor de Pesquisa e Pós-Graduação do Campus, Prof. Edson Fontes de Oliveira, destaca que “ter todos os Programas agora habilitados para também oferecerem seus respectivos Doutorados atesta o crescimento, o amadurecimento e a qualidade de cada Curso de Mestrado ofertado pelo nosso Campus”. O Diretor ainda salienta “Mais que isso, esse robusto resultado da avaliação dos nossos Programas demonstra a assertividade das nossas políticas institucionais voltadas à Pesquisa e Pós-Graduação. Essas políticas são fruto de um planejamento estratégico articulado e compartilhado com as Coordenações, o qual tem gerado ações estratégicas voltadas à melhoria da nossa infraestrutura, concessão de fomento às nossas atividades de pesquisa e interação MultiCampi com os nossos parceiros dos Campi Apucarana, Cornélio Procópio e Francisco Beltrão.”

Com 375 Dissertações defendidas, dezenas de produtos educacionais desenvolvidos, diversas patentes já concedidas a produtos tecnológicos, frutos das suas atividades de pesquisa, parcerias internacionais com grupos de pesquisa de Institutos e Universidades espalhados pelo mundo, os nossos Programas de Pós-Graduação MultiCampi somam hoje 246 alunos matriculados.