Home
/
Notícias
/
Londrina
/
Covid – 19

Covid – 19

Publicado 4/9/2020, 1:35:08 PM, última modificação 4/9/2020, 2:27:30 PM
Protótipo de Máscara Respiratória a partir de Nanofibras Biodegradáveis será desenvolvido por pesquisadores da UTFPR Londrina

Imagem: Freepik

O projeto intitulado "Desenvolvimento de máscara para retenção de vírus presentes no ar a partir de nanofibras biodegradáveis à base de acetato de celulose", de autoria da Profa. Leila Droprinchinski Martins, do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Ambiental (PPGEA), da UTFPR Câmpus Londrina/Apucarana, acaba de ser contemplado na chamada do edital nº 06/2020 (PROREC / PROPPG – UTFPR), de transferência tecnológica para o combate ao Covid-19.

Desenvolver um protótipo de uma máscara respiratória, utilizando como filtro nanofibras à base de acetato de celulose obtidas pela técnica de eletrofiação é o objetivo do projeto. Além disso, as pesquisadoras farão uma avaliação da produção em escala semi-indústrial da referida máscara, testes que visam uma certificação para posterior transferência da tecnologia para o setor produtivo, visando o futuro uso destas, principalmente pelos profissionais de saúde, que estão expostos rotineiramente a uma série de microorganismos, dentre eles o coronavírus 2019.

O projeto, conta com a participação da pesquisadora Daniela Sanches de Almeida, doutoranda em Engenharia Química na Universidade Estadual de Maringá (UEM) em parceria com a UTFPR-LD, além de alunos da UTFPR-LD. Os laboratórios de análise em Poluição do Ar (LAPAR) e o Laboratório de Nanomateriais Aplicados, ambos da UTFPR Londrina, sediam o desenvolvimento desse projeto.

De acordo com a profa. Leila, a nanofibra já foi desenvolvida, caracterizada e avaliada sua eficiência na retenção de nano partículas pela Daniela, em parceria com o Grupo de Materiais Poliméricos e Compósitos (GMPC - UEM), com o Laboratório de Nanomateriais Aplicados da UTFPR Londrina, com o Laboratório de Controle Ambiental do Departamento de Engenharia Química (UFSCar) e com o Laboratório de Análise dos Processos Atmosféricos (LAPAt - USP).

A pesquisadora ainda ressalta que "a tecnologia para a obtenção deste material biodegradável e eficiente (99%) na retenção de nano partículas (da ordem de tamanho do coronavírus 2019) já pode ser transferida ao setor produtivo", entretanto, o cerne desta pesquisa é a utilização deste material inovador no desenvolvimento de máscaras de proteção, aparato tão importante aos profissionais de saúde, diante da pandemia da Covid-19.

Mais informações com a Profa. Leila pelo e-mail leilamartins@utfpr.edu.br

Reportar erro