Página Inicial
/
Destaques
/
Profa. Dra. Dejane Santos Alves – Entomologia Agrícola

Profa. Dra. Dejane Santos Alves – Entomologia Agrícola

Publicado 7/17/2019, 5:48:26 PM, última modificação 7/1/2020, 10:21:51 AM
A Profa. Dejane atua na área de Entomologia Agrícola, pesquisando moléculas de plantas com atividade inseticida

A matéria dessa semana conta um pouco sobre a trajetória e atuação da Profa. Dra. Dejane Santos Alves, que atua na área de Entomologia Agrícola, desenvolvendo pesquisas com o objetivo de encontrar moléculas de plantas com atividade inseticida.

Trajetória acadêmica/profissional

Sou natural da cidade de Campinas, interior do estado de São Paulo. Meu primeiro contato com a pesquisa se deu ainda no ensino médio profissionalizante, onde cursei o curso de técnico em Química. Para a finalização desse curso fiz estágio na EMBRAPA, Meio Ambiente – Jaguariúna, na área de Fitopatologia. Assim, por ocasião do vestibular, decidi cursar o curso de Agronomia, onde ingressei no ano de 2002 na Universidade Federal de Lavras (UFLA). Apesar de, me identificar com este curso, minha paixão pela Biologia era maior, por isso, mesmo já tendo cursado praticamente a metade do curso, resolvi transferir para o curso de Bacharelado em Ciências Biológicas, da mesma instituição.

Durante a graduação desenvolvi atividades de pesquisa em um projeto com parceria nos Laboratórios de Química de Produtos Naturais e Entomologia. Minha iniciação científica focou na busca por substâncias vegetais ativas contra o bicho mineiro, praga chave da cultura do cafeeiro. Esse projeto me rendeu o prêmio de projeto de iniciação cientifica destaque, desenvolvido na UFLA no ano de 2007. Além das atividades de pesquisa, durante a graduação desenvolvi trabalhos de extensão em áreas de assentamento no sul de Minas Gerais. Ao graduar-me, no ano de 2008, recebi o prêmio Honra ao Mérito Acadêmico, me formando com média 89, e o prêmio da empresa CEMIG como aluna destaque do curso de Ciências Biológicas.

Cursei o mestrado e doutorado, também na UFLA, na área de Entomologia Agrícola desenvolvendo atividades de pesquisa cujo o objetivo era a busca por substâncias de origem vegetal ativas para a lagarta do cartucho do milho, além disso, desenvolvi trabalhos com formigas cortadeiras e ácaros fitófagos. Durante o doutorado cursei período sanduíche no Centro Nacional de Sanidad Agropecuaria, Havana – Cuba. Além da publicação de artigos científicos, esses estudos culminaram nos prêmios de melhores trabalhos apresentados na categoria oral no SICONBIOL (Simpósio de Controle Biológico) e no ALAEQ (Latin American Association of Chemical Ecology).

Minha trajetória como docente se iniciou no ano de 2015, como professora substituta na UFLA. No ano de 2016 ingressei como professora efetiva da Universidade Tecnológica Federal do Paraná, campus Santa Helena, onde me encontro desenvolvendo atividades de ensino e pesquisa na graduação e pós-graduação.

Atividades de ensino

No que se refere às atividades de ensino, atuo no curso de Ciências Biológicas ministrando as disciplinas de Estatística Aplicada à Biologia e Trabalho de Conclusão de Curso. No curso de Agronomia serei responsável pelas disciplinas de Zoologia Geral, Entomologia Geral e Entomologia Agrícola. No Programa de Pós-Graduação em Recursos Naturais e Sustentabilidade ministro, junto com outras professoras, a disciplina de Prospecção de Produtos do Metabolismo Vegetal.

As disciplinas de Entomologia Geral e Entomologia Agrícola têm como objetivo capacitar o estudante no reconhecimento das principais pragas agrícolas, bem como, buscar formas de manejo sustentáveis. Para atingir esse objetivo as disciplinas serão ministradas com aulas práticas em laboratório e campo, além de estudos de caso e visitas técnicas.

Projetos de pesquisa e extensão

Como pesquisadora na UTFPR, desenvolvo trabalhos com substâncias oriundas de plantas para o controle do cascudinho dos aviários, importante praga de aviários na região de Santa Helena, em parceria com a Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE), campus Cascavel.

Recentemente aprovei o projeto intitulado “Bioatividade de óleos essenciais e nanoformulações de anonáceas para Spodoptera frugiperda e seletividade para Trichogramma spp.” na chamada Universal do CNPq. Apesar de óleos essenciais serem conhecidos pela sua atividade contra insetos um dos fatores que impedem a sua comercialização é a baixa estabilidade no ambiente. Assim, as nanoformulações vêm se mostrando promissoras para contornar esses problemas. Nesse sentido, a nanotecnologia é uma ciência interdisciplinar que trabalha com partículas na escala nanométrica (ordem de um milionésimo de milímetro).  Como resultado de uma escala tão pequena podem ser verificadas diferentes propriedades da matéria, às quais podem contribuir com a estabilidade dessas moléculas no ambiente e liberação controlada dos ingredientes ativos. Esse projeto conta com a colaboração de instituições parceiras, tais como a UFLA e CENA - USP (Centro de Energia Nuclear na Agricultura - Universidade de São Paulo).

Informações e contato