Página Inicial
/
O Programa

O Programa

Publicado 2/2/2017, 9:53:31 AM, última modificação 8/16/2023, 11:27:48 AM

O Programa de Pós-Graduação em Administração tem como objetivo formar docentes, pesquisadores e profissionais de mercado que saibam realizar pesquisas científicas e conheçam os aspectos teóricos e práticos da tecnologia no ambiente organizacional. Pretende-se desenvolver profissionais capazes de analisar os impactos da tecnologia no contexto organizacional, tanto sobre os resultados como sobre os trabalhadores envolvidos nos processos produtivos.

A tecnologia será discutida como resultado da complexidade técnica e da forma como a sociedade produz sua existência, a partir das relações sociais complexas relacionadas a um modo de produção específico, estabelecido em um contexto sociocultural intimamente relacionado ao seu tempo histórico.

O curso pretende analisar a tecnologia e sua relação com as áreas específicas da Administração, a saber: a produção, o marketing, os recursos humanos, as finanças, a tecnologia da informação, entre outras. Assim, o curso possibilitará que gestores se qualifiquem para gerenciar situações complexas relacionadas as tecnologias e seus impactos nas organizações, adotando uma postura mais analítica e reflexiva sobre a tecnologia no contexto organizacional e social. No âmbito acadêmico, visa formar docentes e pesquisadores capazes de produzir conhecimento a partir de procedimentos científicos rigorosos, de forma a compreender a tecnologia com a perspectiva interdisciplinar inerente ao contexto organizacional e social.

Linhas de Pesquisa

O Programa de Pós-Graduação em Administração está estruturado em duas linhas de pesquisa, que buscam subsidiar o alcance do objetivo da área de concentração do programa que é estudar a criação, aplicação, uso e consequências provenientes da tecnologia no contexto micro, meso e macroorganizacional, de forma a possibilitar a análise do impacto da tecnologia no trabalho e no desenvolvimento técnico, econômico, político e social das organizações. O profissional poderá atuar no mercado de trabalho na área de Organizações e Tecnologia.

Tecnologia de Gestão, Trabalho e Organizações

Estuda a criação, aplicação e desenvolvimento das tecnologias de gestão das diversas áreas de uma organização e sua relação com as mudanças no mundo do trabalho e com os trabalhadores. As tecnologias de gestão estudadas contemplam tanto as de ordem instrumental, como as comportamentais utilizadas nas organizações, com foco microorganizacional e histórico-social nos aspectos comportamentais e psicossociais do indivíduo e nas dimensões de sua atuação no contexto organizacional. Elege ainda a tecnologia como objeto e ao mesmo tempo campo de estudo, considerando seus efeitos na sociedade, nas organizações e nas relações de trabalho, observando as novas formas de organização e compreensão da sociedade, a partir do paradigma digital e do encontro entre o social e o tecnológico. 

Objetivos e temas de interesse:

  • Analisar as relações entre tecnologia e trabalho no contexto das organizações. E mais especificamente:
  1. Analisar como as tecnologias físicas e de gestão estão presentes no contexto das organizações produtivas e suas consequências para os trabalhadores;
  2. Analisar as relações entre organizações tecnológicas e os fenômenos do poder, controle e violência no trabalho.
  3. Compreender as diferentes formas de exploração mediadas pela tecnologia, com novas categorias de precarização, como o subemprego, a informalidade, a uberização e as relações de trabalho mediadas por aplicativos e plataformas digitais.
  4. Desnaturalizar o discurso estruturante da tecnologia, por meio de uma reflexão crítica de seus efeitos nas organizações e nas relações de trabalho e consumo. 
  • Analisar tecnologias alternativas de gestão, trabalho e organização, suas causas, princípios, racionalidades, manifestações, impactos e contradições. E mais especificamente:
  1.  Investigar modos e tecnologias de organização que se manifestam como formas de resistência ativa ao modelo de hegemônico, em particular alternativas organizacionais orientadas à convivialidade, solidariedade, cooperação, bem viver e subsistência, principalmente de base comunitária, familiar, vernacular, tradicional, artesanal e substantiva;
  2. Analisar formas de resistência e resiliência ativa à dominação técnica dominante na lógica de mercado e da organização moderna.
  3. Refletir sobre os distintos formatos e representações de inovações tecnológicas que transformaram a sociedade e (re)organizaram nossas socializações e subjetividades, instrumentalizando nosso modo de vida.
  4. Considerar de maneira sistêmica e crítica, como o paradigma digital estabelece novas formas e processos sociais emergentes, mediados e agenciados por novas tecnologias.

Tecnologia e Desenvolvimento Organizacional

Estuda a relação entre tecnologia e o desenvolvimento técnico, econômico, político e social, podendo contemplar aspectos dos contextos micro, meso e macroorganizacionais. As tecnologias estudadas são as físicas, de gestão e organizacionais das diversas áreas de conhecimento de uma organização. São analisadas a criação e a utilização de tecnologias como processos de inovação e de promoção do desenvolvimento organizacional. Inseridos neste contexto são priorizadas propostas de pesquisa alinhadas com os projetos em andamento pelo corpo docente que compõem a linha de pesquisa, com destaque para as seguintes temáticas: inteligência coletiva, empreendedorismo de base tecnológica e comportamento empreendedor, transição sociotécnica e transição para sustentabilidade, proposição, aplicação e comparação de modelos de apoio à decisão e análise de risco e desempenho em finanças e valor.

Objetivos de interesse:    

  • Aumentar o conhecimento sobre o fenômeno da inteligência coletiva e os benefícios da Internet, mídias sociais e o uso de computadores e smartphones para aumentar o engajamento de pessoas em projetos.
  • Compreender os fatores envolvidos em negócios de base tecnológica bem-sucedidos e o papel da universidade para suprir um ambiente inovador para startups.
  • Analisar a conduta de empreendedores no que refere a percepção de atuação de instituições e a prática de atos ilícitos.
  • Compreender o processo de transição sociotécnica para energias renováveis.
  • Identificar as ações sustentáveis e as instituições estabelecidas para a consolidação de arranjos produtivos locais, de modo a promover desenvolvimento econômico e social.
  • Desenvolver modelos para apoiar processos de tomada de decisão relacionados à gestão de cadeias de suprimentos no contexto da indústria 4.0, com o apoio de técnicas de decisão multicritério e inteligência computacional. O foco se encontra em processos decisórios para seleção, segmentação, monitoramento e desenvolvimento de fornecedores.
  • Estudar, propor, aplicar e analisar modelos que busquem contribuir para a compreensão do risco em organizações e mercados.
  • Suscitar novo modelo de criação e de governança corporativa para as atividades de garantia de crédito de segundo grau, que reunirá as sociedades de garantia de crédito, do estado do Paraná.

Grupos de Pesquisa

O Programa de Pós-Graduação em Administração oferece aos alunos a possibilidade de participar de grupos de pesquisa liderados por docentes vinculados ao programa.  Ao longo de sua participação nestes grupos, o aluno terá a oportunidade de desenvolver pesquisas, participar de discussões temáticas, cursos de curta duração, entre outras atividades desenvolvidas em cada grupo de pesquisa.

 Líder: Thiago Cavalcante Nascimento

 

Líder: Francis Kanashiro Meneghetti

 

Líder: Rene Eugenio Seifert Junior

 

Líder: Alexandre Reis Graeml

 

        Líder: Francisco Rodrigues Lima Junior